Final de ano: é hora da confraternização na empresa

Desenvolvimento de Líderes. Confraternização na empresaTodas as dicas para acertar na organização da confraternização

Com a chegada do final de ano é hora também de preparar a imaginação e o tempo para organizar as comemorações nas empresas. Nada melhor do que proporcionar um momento especial para os colaboradores que passaram tanto tempo juntos e que contribuíram para o sucesso dos negócios.

“É preciso saber o que servir, tanto alimentos como bebidas, definir local e horário adequados para que o momento tão esperado não se transforme em um pesadelo”, afirma Ellen Koscianski, Gerente de Eventos Corporativos da Florianópolis Eventos, empresa que desde 2010 realiza eventos para o mercado corporativo.

As dúvidas mais comuns são sobre o espaço – se deve realizar o evento na empresa ou pensar em um espaço fora do ambiente de trabalho; quais os alimentos e bebidas devem ser servidos, qual o dress code para essas ocasiões, entre outras questões. Nesse caso, as principais questões são sempre as mesmas: – Servir bebida alcoólica ou não? Cerveja, whisky ou vinho? Que tipo de comida é mais adequado? Devo contratar uma atração? Que tipo de serviço usar: coquetel, buffet ou servir à francesa?

Já a preocupação dos convidados é o traje a ser usado, o famoso dress code. A pergunta mais frequente, principalmente das mulheres, é: ‘Com que roupa eu vou?’. Então, segundo Ellen, para evitar esse tipo de dúvida, é imprescindível que o convite (ou comunicado) indique o traje: Esporte, Passeio ou Passeio Completo (conhecido como social). “Caso o organizador do evento sentir necessidade, deve exemplificar com detalhes, como: Traje Esporte – Neste, as mulheres podem usar as blusas e calças em tecidos mais elegantes, vestidos, tailleurs e complementar com sapato de salto médio a alto. Já os homens, se o evento for durante o dia, pode usar camisa e blazer sem gravata, até o terno com gravata é aceito em algumas situações e, caso ocorra à noite, devem usar o terno escuro e gravata”, explica a especialista.

Como organizar a confraternização da empresa

Veja as dicas e faça do seu evento um sucesso:

Local – Se o evento for realizado na empresa, monte uma decoração para que o colaborador sinta que, apesar de estar no ambiente de trabalho, ele foi preparado e pensado para recebê-lo.Não esqueça que este local deve prever espaço para que as pessoas circulem e conversem entre si, afinal, o objetivo é confraternização.

O que servir –  Para decidir o que servir é necessário conhecer bem as pessoas que participarão do evento. Por exemplo: os homens comem mais que as mulheres, então, se o público masculino for maior será preciso aumentar a quantidade de alimentos. Já as mulheres preferem alimentos leves e menos calóricos.

É importante considerar que, na maioria das vezes, os colaboradores deverão trabalhar no dia seguinte, então, pratos pesados e muito elaborados devem ser desconsiderados.

Tipo de serviço – Essa parte é fundamental para o sucesso do evento e depende do espaço que será organizado. Entenda os tipos mais comuns de serviço:

:: Coquetel: Pode ser montado à tarde e à noite e é indicado para locais com pouco espaço e é servido por garçons. O importante é garantir que a quantidade de salgados e canapés será suficiente. Vale lembrar que é importante fazer reservas extras, pois é comum que esse “coquetel” seja o jantar de muitos convidados.

:: Americano (buffet):  Se o espaço permitir, esta é uma boa opção. Podem ser servidas saladas, massas e carnes. Neste caso, o convidado se serve em ilhas e réchauds. Os garçons podem servir apenas as bebidas nas mesas. Vale colocar um serviço de entrada até que o horário de buffet esteja liberado.

:: À francesa: Esse serviço é o mais formal e é necessário espaço para que sejam montadas mesas com até 8 convidados. O mais comum é servir uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Os garçons servem os pratos já montados e,  caso queiram, os convidados podem pedir repetição.

Um item importante: a bebida. Sirva agua saborizada com frutas cítricas e ervas aromáticas, sucos frescos, coquetéis e refrigerantes. Já os alcoólicos devem ser decididos de acordo com o estilo dos convidados e harmonizado com a comida a ser servida.

Uma boa dica é evitar as bebidas com alto teor alcoólico e que, mesmo as bebidas usuais (cerveja ou chop) devem ser servidas com moderação. Destilados são sempre perigosos. Vale optar por coquetéis com baixo teor alcoólico.

O que NÃO fazer em um evento na empresa

:: Evite que sejam servidos pratos que necessitem de vários tipos de talheres. Isso pode atrapalhar e até constranger o convidado. “Deixe a Lagosta ou os Escargots  para um almoço só da diretoria ou da presidência da empresa. Lembre-se que ‘o menos é sempre mais’ e a simplicidade está ganhando espaço em tempos corridos”, afirma Ellen.

:: Colaborador que gosta de fazer churrasco não é treinado para isso e nunca deverá assumir a churrasqueira. “Não esqueça de que aquele colaborador que gosta de fazer churrasco em casa e para os amigos, não pode ser o responsável pelo churrasco. Ele também é convidado e quer se divertir, por isso, vale ter uma equipe contratada e treinada para servir a todos e nas quantidades e no tempo adequados”

:: Não deixe seus convidados em pé! Caso opte por servir coquetel, em que normalmente os convidados ficam em pé, coloque cadeiras espalhadas pelo espaço ou monte lounges para o conforto dos seus colaboradores.

:: Seja democrático no tipo da música, mas nunca coloque músicas com letras dúbias ou insinuantes, como os funks. “Evite constranger alguns convidados”.

Para Ellen, o ideal é fazer um evento que seja adequado à realidade da empresa, seja no aspecto financeiros ou no estilo dos seus colaboradores. Se for uma equipe que seja mais animada e descontraída, vale pensar em realizar um churrasco em um espaço aberto como um sítio, por exemplo, é legal levá-los para um sitio e servir um churrasco.

Olá! Se você gostou do artigo, compartilhe com os amigos por e-mail ou pelas redes sociais. Assim você vai compartilhar conhecimento e ajuda a divulgar o Caminhando Junto. Obrigado!

Desenvolvimento de Líderes. Motivando a equipe.