Mercedes-Benz irá investir mais R$ 730 milhões no Brasil

Mercedes-Benz anuncia investimento no BrasilA irá investir mais R$ 730 milhões, entre 2015-2018, em suas fábricas de São Bernardo do Campo (SP) e Juiz de Fora (MG).

A unidade paulista, maior planta produtiva da empresa na América Latina, receberá cerca de R$ 500 milhões para a construção de novas linhas de produção de caminhões, agregados e mudanças na infraestrutura da fábrica.

Por sua vez, a empresa investirá adicionais de R$ 230 milhões aos investimentos já anunciados anteriormente para duplicar e ampliar as instalações da linha de montagem bruta e a área de pintura de cabinas da planta de Juiz de Fora.

Com essa medida, futuramente toda a produção de cabinas dos caminhões Mercedes-Benz estará concentrada na cidade de Juiz de Fora, aumentando a sinergia das fábricas de São Paulo e Minas Gerais.

Segundo o presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina, Philipp Schiemer, a concentração das atividades produtivas das cabinas em uma única planta cria espaço na unidade paulista para futuramente produzir todas as linhas de caminhões em São Paulo.

“A partir de 2016 iremos produzir o caminhão leve Accelo em São Paulo, enquanto a produção do extrapesado Actros continua em Minas Gerais”, declara Schiemer.

A empresa está reestruturando as áreas produtivas de caminhões em suas plantas com o objetivo de garantir a eficiência das unidades fabris no país, aumentando, assim, a competitividade da companhia nos mercados interno e externo.

Com a produção de caminhões em São Bernardo do Campo e a concentração da fabricação de cabinas em Juiz de Fora, a empresa ganha também maior flexibilização para fazer a gestão de seu negócio e responder mais rapidamente às demandas de vendas.

“Esses investimentos ressaltam a importância estratégica do mercado brasileiro para a Mercedes-Benz e fortalece o nosso desenvolvimento econômico de forma sustentável para o futuro”, diz Schiemer.

Com esse novo investimento, a Empresa atinge um montante de R$ 3,2 bilhões aplicados nas plantas de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora até 2018, o maior programa de investimentos do País para veículos comerciais.

“Os novos investimentos destinados à planta de São Bernardo do Campo é resultado de um acordo inédito com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que já prevê cláusulas econômicas e sociais aos colaboradores por quatro anos”, explica Schiemer.

Com esse acordo econômico de longo prazo, a empresa tem previsibilidade de seus gastos, o que contribui para aumentar a sua competitividade nos mercados e garantir o futuro da companhia como a maior fabricante de veículos comerciais no país.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.