Emprego: nuvens escuras sobre o Eixo Fernão Dias

Nuvens escuras na economia do Sul de MinasNúmeros do comprovam o baixo desempenho da economia e confirmam a opinião dos economistas que . Confira os números do Eixo Fernão Dias.

Profissionais de RH e trabalhadores de todo país já sabiam que as demissões estão ocorrendo há algumas semanas. e vem fazendo grandes estragos, outras vem demonstrando fôlego para segurar um pouco mais.

No Eixo Fernão Dias, região que vai de Atibaia (SP) até Pouso Alegre (MG), os números ainda não são tão preocupantes quanto nas regiões metropolitanas, mas já há razão para acender a luz amarela. Confira:

:: Atibaia (SP) – Entre janeiro e julho de 2014 a cidade praticamente ficou no zero a zero na criação de novos postos de trabalho. Foram demitidos 11.911 trabalhadores (49,85%) e contratados 11.981 (50,15%), com um saldo de apenas 70 postos de trabalho criados no período.

:: Bragança Paulista (SP) – A cidade bragantina vem sofrendo com o desempenho da economia, entre janeiro e julho deste ano, 200 vagas foram fechadas. No período foram contratados 11.547 (49,57%) e demitidos 11.747 (50,43%).

:: Extrema (MG) – A pequena cidade do Sul de Minas continua chamando a atenção pelo desempenho na criação de novos postos de trabalho, nos sete primeiros meses do ano, foram 958 vagas. As empresas da cidade contrataram 5.859 (54,45%) e demitiram 4.901 (45,55%). Mas o resultado positivo não esconde o efeito da crise na cidade, no mesmo período de 2013 foram criados 2.137 novas vagas.

:: Pouso Alegre (MG) – Depois de chamar a atenção com a instalação de grandes empresas, a cidade também vem enfrentando o esfriamento da economia. Entre janeiro de julho de 2014 foram criados 292 novos postos de trabalho. Foram contratados 16.400 (50,45%) e demitidos 16.108 (49,55%).

O Eixo Fernão Dias mostra que realmente é um pedaço do Brasil onde o trabalho é o seu forte, mas é evidente que sem uma mudança de rumos na economia brasileira, a região não terá muito mais fôlego.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.