Mercedes-Benz: nova fábrica será em SP

mercedes

A empresa Daimler, proprietária da marca alemã de automóveis e caminhões Mercedes-Benz, anunciou nesta terça-feira, 1º outubro, a criação da nova fábrica de carros em Iracemápolis, localizada a 160 km da capital paulista. Investimento inicial será de R$ 500 milhões e cerca de mil empregos serão criados na primeira fase.

O projeto de investimento foi assessorado pela Investe São Paulo, e o anúncio oficial foi feito em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes com a presença do governador Geraldo Alckmin. Segundo a montadora alemã, a fábrica vai produzir a próxima geração de e o recém-lançado , além de outros modelos a serem definidos.

A planta será instalada em terreno de 2,4 milhões de metros quadrados, ocupando uma área construída de 200 mil metros quadrados. A ideia é iniciar, em 2016, produção de cerca de 20 mil veículos por ano. Além disso, novos dois mil postos de trabalho deverão ser criados em fase mais avançada.

De acordo com o presidente mundial da , Andreas Renschler, o objetivo da nova unidade é aumentar a rede de produção global. “Vamos nacionalizar dois produtos altamente atraentes para o novo segmento de veículos premium brasileiro”, explicou.

glaO investimento foi disputado por estados como Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Mas, com o apoio da Investe São Paulo, a empresa acabou optando pela pequena cidade de Iracemápolis, que contará nos próximos anos com um grande desenvolvimento econômico e social.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Rodrigo Garcia, a nova planta em Iracemápolis, além de gerar emprego e renda, contribuirá para o desenvolvimento econômico e tecnológico da região e do Estado. “Essa é a terceira fábrica da Mercedes-Benz instalada em São Paulo, que mostra que os investimentos do Governo em infraestrutura, pesquisa, inovação e qualificação profissional são fatores decisivos de competitividade”, completa.

Entre os serviços prestados estão a localização de área, assessoria em infraestrutura, licenças ambientais e nas questões tributárias. “Atendemos a empresa desde o início do ano. Nossa equipe avaliou 21 cidades cidades, tanto em aspectos ambientais quanto de infraestrutura, e visitou, junto com membros da empresa, oito municípios. Vamos continuar atendendo a Mercedes e sendo o ponto focal de contato da empresa com todos os órgãos do Governo do Estado, contribuindo para o sucesso do empreendimento”, explicou o presidente da Investe São Paulo, Luciano Almeida.

Para o presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO da Daimler para a América Latina, Philip Scheimer, a proximidade da nova fábrica com as plantas já existentes também foi estratégica para a escolha da cidade, permitindo uma melhor integração entre as duas unidades e a possibilidade do intercâmbio de funcionários entre elas. “Com a produção local de automóveis, a Mercedes-Benz sobressai como a única empresa que atua em todos os segmentos de mobilidade no Brasil, com automóveis, caminhões, ônibus e vans”, disse Schiemer.

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.