#FORDnaBienal | Homem & Máquina: ultrapassando limites

Gustavo Borges, Marcio Atalla, Klaus Mello e Carlos Merigo“Quando você perde, perde para alguém mais preparado, que trabalhou mais ou que entregou um produto melhor. Aumentar sua performance é o único caminho”, a frase do preparador físico, Marcio Atalla, famoso pelo quadro Medida Certa do Fantástico, dá o tom do Focus Popup Gallery “Homem & Máquina: ultrapassando limites”. Além dele, participaram o campeão das piscinas Gustavo Borges e Klaus Mello, gerente de Engenharia de Veículos da Ford. A mediação ficou por conta de Carlos Merigo, editor-chefe e fundador do blog Brainstorm #9.

Lançamento Novo Ford FocusO evento serviu de base para o lançamento do novo modelo Ford Focus, na sexta-feira (30/8) e teve como palco o pavilhão da Bienal no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e reuniu jornalistas e convidados.

No saguão, alguns modelos do novo Focus exibiam as melhorias tecnológicas, as novas linhas e  acessórios que vão posicionar o carro como sonho de consumo de muita gente. Outra atração foi um simulador de baliza que testou a habilidade (ou não) de muitos presentes para fazer a manobra. Mas certamente, o ponto alto foi o bate papo entre os convidados.

O nadador, Gustavo Borges foi o responsável por quebrar o gelo e ganhar a simpatia do público, sempre bem humorado. Para ele, performance é algo que durante muitos anos, fez parte da rotina diária. “Nadava de 30 a 40 horas por semana para tentar melhorar alguns segundos ou menos até, mas todo ganho significa evolução é preciso ralar muito”.

“Durante o Medida Certa com o jogador, Ronaldo, ele me contou que quando foi fazer um teste, ainda garoto, ouviu o técnico dizer ao seu pai que sua deficiência era não chutar com as duas pernas. Ronaldo, voltou pra casa, pegou a bola e ficou treinando chutes com as duas pernas contra um muro durante todo final de semana. Na segunda, no momento do teste, estava pronto. É este comportamento que faz um campeão”, completou, Marcio Atalla.

Klaus Mello, gerente de Engenharia de Veículos da Ford na Focus Pop-up GalleryE qual a relação entre homem e máquina quando o tema é performance? Para o gerente de engenharia da Ford, Klaus Mello, é total. “Um bom projeto, um design inovador, a busca por soluções tecnológicas mais eficientes, tudo isto está ligado à performance e só é possível com uma equipe de alta performance”, disse.

Atalla não perdeu a oportunidade para fazer um alerta, “deixamos de fazer esforço com a direção hidráulica, temos a opção de não usar a embreagem, nem mesmo gastamos energia para subir o vidro. Todas estas calorias, poupadas com o conforto, precisam ser gastas de alguma forma, seja numa academia ou correndo na rua”.

André Lodi no #FORDnaBienalO coaching e especialista em comportamento humano da Elev, André Lodi, participou do evento e ressaltou a semelhança entre o preparador físico ou o técnico de um atleta ao coach, “é preciso conhecer o atleta e entender a razão de suas limitações, assim, descobrimos também quais os fatores motivadores. Usando isto, o atleta vai gostar de treinar cada vez mais e vai se esforçar para ter melhores resultados”.

O jornalista, Adriano Carvalho no #FORDnaBienal“Vivemos em busca de performance, queremos gastar menos, ganhar mais, conquistar novos mercados, fidelizar clientes, tudo isto depende de equipes de alta performance. Só teremos equipes produtivas e de alto impacto valorizando nossos colaboradores e estimulando o intrapreneur, não há outro caminho”, explicou o jornalista e consultor, Adriano Carvalho que também participou do #FORDnaBienal.

Tenha líderes e equipes de alta performance

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.