LinkedIn Brasil | Lições da visita ao escritório

Alunos da pós em Comunicação e Marketing em Mídias DigitaisAssim como muitos, sou um grande apaixonado pelas oportunidades que as redes sociais podem nos abrir, e, entre elas a minha predileta é o . Por isto mesmo, tive um grande prazer em conhecer o escritório do LinkedIn Brasil.

O e é reconhecido como uma rede social de caráter profissional, reunindo um grupo bastante seleto de pessoas. Enquanto o Facebook e o Twitter são considerados como redes “pessoais”, no LinkedIn você não vai postar as fotos do cachorrinho ou do churrasco, mas falará de suas competências profissionais, compartilhará projetos e debaterá oportunidades de negócios.

Talvez por ter este caráter mais sério, muitos consideram uma rede mais difícil, mais chata. Afinal para garantir o máximo de confiabilidade nas informações, o sistema fica o tempo todo pedindo novas informações e vai cruzando com as informações de outros usuários. Por isto , estes filtros podem gerar informações valiosas e fica bem mais difícil criar um fake.

A ideia da visita veio numa das em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais da PUC Minas. Na visita fomos recebidos pela gerente de Comunicação do LinkedIn, Fernanda Brunsizian, pela responsável pelas soluções de Marketing, Ligia Ishida e pela assessora de imprensa, Marina Lamardo. Pudemos conhecer produtos que ainda serão disponibilizados na rede e saber um pouco mais sobre o uso corporativo.

O LinkedIn está organizado em três eixos básicos: Recrutamento, Marketing Digital e Vendas.

Lígia Ishida falou sobre novas soluções do LinkedInO primeiro é o eixo mais conhecido, RH’s do mundo todo recorrem à rede para pesquisar talentos enquanto profissionais capricham nos perfis para atrair estes olhares. Um dado interessante, é que 65% dos usuários são considerados candidatos passivos, isto é, o profissional está empregado e não está à procura, mas também não está de portas fechadas para uma boa oportunidade. Então, uma abordagem inteligente pode faze-lo se interessar.

Mas, Lígia Ishida caprichou ao mostrar que o LinkedIn vai além do recrutamento, mostrando o potencial dos outros eixos.

Marketing Digital no LinkedIn

Com uma base de dados tão rica e seleta, 83% dos participantes são decisores, ofertar soluções de marketing é uma grande sacada. Há várias maneiras de se fazer isto e a mais simples é através do , que oferece um auto-serviço interessante. A partir de R$ 20 reais por dia é possível ter anúncios na rede, e campanhas maiores, acima de R$ 12 mil recebem o atendimento da equipe de Marketing.

Vendas no LinkedIn

Sempre foi o meu eixo preferido, afinal, fazer contatos é o começo de uma boa venda. E como a rede oferece contatos excelentes, as vendas são excelentes.

Mas não acredite que trata-se da velha oferta de serviços ou simplesmente fazer um spam na rede, as vendas deste novo modelo vão além, , gostar de contribuir, ser relevante. Os grupos são uma ótima porta de entrada, mas não adianta fazer parte e ficar calado. Mostre seu conhecimento, conquiste o respeito dos demais e as vendas são consequência.

Ambiente de Trabalho

Trabalhar no LinkedIn é tudo o que se espera de uma empresa de tecnologia, colaboradores jovens, despojados, ambiente alegre, bonito, um clima organizacional muito bem cuidado e um olhar sobre os benefícios que vão bem além do que vemos nas empresas brasileiras. O que não quer dizer baixa produtividade ou rentabilidade, o escritório Brasil já mostra resultados e está de olho numa fatia cada vez maior do mercado.

A rede veio para ficar e quem souber fazer uso dela, vai crescer também.

Como preencher seu perfil

 

Treinamentos Comportamentais e desenvolvimento de líderes

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.