Currículo e reputação: qual a diferença?

Como construir uma boa reputação profissionalTer um currículo de peso e construir uma reputação sólida, são a mesma coisa? Não. Para mim, o currículo é como um cartão de visitas, a reputação é o resultado prático da sua vida profissional. Vou começar a semana, falando de dois exemplos que devem servir de lição.

 Quando o currículo é mais bonito do que a reputação

Um bom currículo pode ser construído com dedicação e foco no desenvolvimento pessoal, mas não diz o que pensam colegas, chefes e até mesmo clientes. Talvez por isto, em alguns momentos, sejamos capazes de esquecer a importância da reputação. Na semana passada, em visita a um cliente ouvi o desabafo que vai pesar na reputação de um profissional. Um jovem talento, com boa formação acadêmica e perfil para um grande desenvolvimento. Há cerca de um ano vinha sendo preparado para assumir um cargo de gerência, mas uma proposta o fez trocar de empresa da noite para o dia.

Trocar de empresa não é problema, isto faz parte do jogo e num ambiente de escassez de mão-de-obra qualificada, o assédio é esperado. O que não pode acontecer é a falta de transparência.

Seja claro com seu superior, diga que foi procurado e porque razão a proposta lhe interessou. Não se trata de leiloar o passe, mas de agir com profissionalismo. E quando decidir sair, faça com seriedade, afinal você não sabe o que pode acontecer.

Neste caso, os diretores das duas empresas são amigos pessoais e numa conversa informal, o que estava recebendo o novo talento ficou tão chateado que deu ordem para o RH não efetivar a contratação. A história não acabou. Entre a mágoa do antigo empregador e a desconfiança do novo, está o jovem talento. Neste caso, o currículo foi ofuscado por uma ação que pode manchar a reputação.

Quando o cliente constrói sua reputação

Seu cliente dá boas referências do seu trabalhoO segundo exemplo, mostra bem o contrário. Durante um café com um amigo, conheci um jovem empreendedor. Sócio de uma empresa de serviços de alimentação, fiquei impressionado pelo modo como me apresentou seu trabalho. Com seriedade e objetividade, mas também com muita paixão. Me fez realmente acreditar que se tratava de uma grande empresa, mas continuando a conversa, descobri que é uma empresa familiar, dele, do pai e do irmão. Com poucos funcionários e recursos. Até ai seria mais um corajoso empreendedor, a diferença foi a recomendação que meu amigo fez. Contou das muitas soluções que deram para os problemas da fábrica, de como deram idéias para reduzir as despesas, do comprometimento que tem com prazos e orçamentos.

Isto é reputação. Quando seu cliente, colega de trabalho ou chefe fala de você como um resolvedor de problemas, está ajudando a construir uma reputação positiva e valiosa que no decorrer de sua carreira, ganha mais importância do que o currículo. Porque conhecimento você adquire, mas o que preocupa é o que vem no pacote, , da pressão, das oportunidades.

Educação, responsabilidade, comprometimento, entre outras atitudes, são coisas que nunca perdem importância. Afinal de contas, quando o bicho pega, tudo o que a gente quer é ter um cara que faz a diferença na nossa equipe.

O seu currículo é engordado a cada novo certificado ou diploma, sua reputação é construída todos os dias. Tome cuidado.

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.