Carreira | Vagas sobrando e gente desempregada

recrutamento e seleçãoA Taxa de Desemprego medida pelo IBGE chegou a 5,6% o que comprova que o Pleno Emprego é realidade. O número de vagas vem crescendo a cada dia, e em algumas regiões, numa velocidade surpreendente, como o caso de Extrema, no Sul de Minas. Entretanto, porque tantos profissionais continuam desempregados? Falha no perfil, má gestão da carreira, problemas na qualificação?

:: Receba os artigos direto no seu e-mail assinando gratuitamente o Feed. 

Todos os dias recebo pedidos de ajuda de profissionais com bons currículos à procura de empregos, muitos já desanimados. Como não sou um profissional de recrutamento e seleção, fui ouvir quem sabe do assunto. Confiram as opiniões:

A headhunter e coach, Agda Lima é diretora da Talento RH e conhece bem o mercado nordestino:

“Em meu ponto de vista profissional , já que sou headhunter e sócia de uma empresa de executive search percebo que os profissionais não se preparam para participar de processos seletivos adequadamente. Embora existam um grande número de informações a respeito de como se preparar melhor (do Google às Consultorias de Assessoria de Carreira), muitos candidatos erram na atitude na hora de participar do processo, perdendo a oportunidade .
Itens mais comuns são :
:: Mentir no currículo ignorando que as informações serão checadas posteriormente.
:: Informar uma pretensão salarial muito acima do seu salário atual e em desacordo com suas competências.
:: Desatualização  ( cursos, informática , idiomas)
:: Falta de um idioma ou Pós graduação / MBA
:: Falta de habilidade  para apresentar, com coerência , qualificações e resultados, quando é entrevistado .
:: Invasividade, ligar para a consultoria para ter um retorno do processo , ligar para o cliente , etc…
:: Comunicação truncada pela inibição no processo  ou com excessos (tom de voz, gestual , interrompendo o entrevistador)
:: Referências  profissionais arranjadas, não idôneas.
:: Falta de planejamento da carreira, gerando gaps  no currículo como instabilidade .

Entre muitos outros fatores  que contribuem para a não aderência as posições que estão cada vez mais diferenciadas em um mercado pulsante e que quer os melhores para seu negócio.
Por outro lado existem péssimas consultorias e agências que  atuam de forma irresponsável com equipes de consultores despreparados.”

Já a coordenadora de Relacionamento e Negócios da Tharget Estratégia em Gestão, Alcione Novelli que atende empresas do Sudeste, diz que:

Sempre há oportunidades para melhorias dos processos e das pessoas.

Com relação aos processos é preciso especial atenção, entre tantas outras questões, à descrição adequada do perfil, levando em consideração o nível de responsabilidade do cargo, o reporte hierárquico e a . Vale também levar em consideração candidatos que muitas vezes não atendem a todos os requisitos técnicos mas que, ao longo do processo seletivo, demonstram que realizarão as tarefas solicitadas superando as expectativas e se comprometendo com seu desenvolvimento.

Com relação aos candidatos, precisamos motivá-los a uma nova postura comportamental. Algumas vezes, a falta de comprometimento é exposta desde o momento do processo seletivo, por meio de postura inadequada e falas desconexas, que muitas vezes deixam explícita uma necessidade particular de crescimento hierárquico e/ou salarial. É necessário que as pessoas despertem para uma maior investigação da vaga e façam uma leitura com relação às suas necessidades, mantendo a transparência ao assumir se a vaga lhe desperta interesse genuíno ou não, tanto para seu desenvolvimento pessoal quanto profissional.”

As opiniões ajudam a revelar o quanto recrutadores e profissionais ainda tem que melhorar o seu relacionamento, não? E para você, o que é possível melhorar?

feed_canecaSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.

recrutamento e seleçãoQuer melhorar o desempenho de sua equipe? Precisa desenvolver os líderes na sua empresa? Conheça as palestras e workshops dos consultores Adriano Carvalho e André Lodi.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.