Taxa Selic e Previdência Privada | Fique Atento

cuidados_na_previdência_privadaDesde que a política econômica sinalizou o combate aos juros altos como forma de impulsionar a atividade produtiva, muitas dúvidas surgiram entre os investidores, principalmente aqueles que utilizam a previdência privada para proteger o futuro financeiro.

No blog “Quero Ficar Rico”, Rafael Seabra tem abordado de forma muito objetiva as mudanças na política de juros e o funcionamento dos investimentos. A queda dos juros é algo esperado para uma economia madura ou que deseja ser visto como tal. Enquanto o Brasil manteve a Taxa Selic nas alturas, valia mais à pena manter o dinheiro aplicado do que abrir uma empresa ou investir em inovação, por exemplo. Isto criou uma geração acostumada a taxas de rentabilidade acima de 10%, sem correr risco algum.

Top Blog :: Seu voto pode ajudar o Caminhando Junto a ser eleito o melhor blog da categoria Comunicação. Clique aqui para votar no Caminhando Junto.

Há uma regra na Economia que diz: quanto maior o risco, maior o lucro. É uma regra simples mas que rege tudo no mundo. Por exemplo, traficar drogas é uma atividade de altíssimo risco, daí os grandes lucros. Por outro lado, manter seu dinheiro na poupança não oferece risco algum, certo? No mercado de investimentos mundial, é a mesma coisa, investimentos mais arriscados como a Bolsa de Valores acabam trazendo margens melhores.

O que muda na Previdência Privada

Investir em previdência privada como forma de planejar e proteger seu futuro é mais do que uma decisão inteligente. Com o aumento da população idosa e as constantes reclamações quanto à aposentadoria pelo INSS somados, fazem a opção pela previdência privada ser quase uma responsabilidade. Não dá para deixar ao acaso!

Quanto mais cedo começar sua previdência privada melhor o resultadoAinda continua sendo uma opção segura e muito flexível, já que você pode adaptar o valor da contribuição ao seu momento de vida. No momento da contratação, você escolhe entre alguns modelos de investimento:

:: Investimento Conservador – seu dinheiro é aplicado 100% em Renda Fixa, o que é melhor do que a poupança comum, mas como o termo diz é “conservador”;

:: Investimento Moderado – nesta escolha seu dinheiro será aplicado parte em Renda Fixa e em torno de 20% a 30% em fundos de investimento mais agressivos;

:: Investimento Agressivo – é a escolha que irá buscar rendimentos melhores, até 49% do seu dinheiro será aplicado em papéis do mercado;

Como escolher seu investimento na Previdência Privada

Há dois caminhos a seguir:

Perfil de Investidor – neste caso, há alguns questionários na internet e no site do banco que ajudam a revelar seu perfil. Basicamente vão apontar o nível de risco que está disposto a enfrentar e qual o prejuízo que pode suportar. Isto mesmo, a palavra risco quer dizer ganhar ou perder dinheiro, ok?

Momento de Vida – esta é a opção que mais utilizo, se você está com 30 anos e começando sua previdência privada agora, deve colocar seu dinheiro em investimentos mais agressivos. Porque já demorou para planejar seu futuro e tem que ganhar o máximo, por outro lado, ainda é jovem e tem tempo para suportar um pouco de prejuízo. Aos 50 anos é hora de trazer seu dinheiro para um investimento moderado, dando um pouco mais de segurança e, aos 57, recomendaria traze-lo para o investimento conservador, se a ideia é se aposentar aos 60 anos, por exemplo. Ao se aproximar da idade de aposentadoria, não é mais o momento para correr riscos, certo?

A lição a ser aprendida é que sem correr, pelo menos, um pouco de risco, seus investimentos terão desempenho modesto.

Este não é o único detalhe importante sobre a previdência privada, o ideal é buscar ajuda de um especialista ou fazer parte de um dos nossos .

feed_canecaSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.

Workshop sobre finanças pessoais ensina planejar uso do dinheiroComo fazer seu planejamento financeiro pessoal? Quais as novas formas de negociação de dívidas? Como usar a previdência privada para garantir um futuro tranquilo? e responda todas estas perguntas.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.