Bom profissional | Você é um deles?

medindo_o_retorno_do_investimento_em_treinamentoÉ sempre uma ótima discussão em gestão de pessoas definir o que é ser um bom profissional, mas antes de saber quem é um profissional bom ou não, temos que entender o que na realidade envolve ser um profissional.

Na minha opinião, não existe o chamado profissional, mas sim, um Ser Humano que atua bem, ou não tão bem na sua função profissional. Parece semântica, mas não é, pois da mesma forma em essência, não existe bom ou mau marido, pai, amigo, etc., existem sim, , por exemplo.

Top Blog :: Seu voto pode ajudar o Caminhando Junto a ser eleito o melhor blog da categoria Comunicação. Clique aqui para votar no Caminhando Junto.

Desta forma, o que é preciso avaliar nas atuações profissionais, além de suas aptidões técnicas para o trabalho, é se aquela pessoa que está atuando naquela função profissional é ética, solidária, prestativa, responsável, entre outras qualidades inerentes a uma pessoa correta. Então, ou não, depende também, se quem está exercendo a função profissional é ou não uma pessoa correta.

Pense o quanto as , se estas qualidades descritas acima fossem analisadas no mínimo com a mesma importância que as aptidões técnicas (gerenciais ou não), com isso, haveria uma significativa melhora na produtividade e competitividade.

A atual crise de valores instalada no mundo, refletida no sistema financeiro – violência urbana, desagregação familiar, e outras tantas áreas da sociedade não poderia deixar de repercutir também na área profissional. Por este motivo, da mesma forma que começamos a questionar essas distorções da sociedade, também, é um ótimo momento de reavaliar os chamados Recursos Humanos de uma empresa.

O que pude observar nos meus quase 35 anos no mundo corporativo e empresarial, é que avançamos muito na gestão de RH, mas ainda são “recursos” e só serão “humanos” quando pudermos personalizar cada colaborador, como pessoas, com características pessoais diferentes e únicas. Sonho meu? Acredito que não, pois se o objetivo de uma empresa é ter lucro, e melhorar a produtividade com responsabilidade social, e de forma sustentável, este pode ser um bom caminho para vermos o jargão “vestir a camisa da empresa”, passar a ser verdadeiro.

Pense nisso, e verá que encontrar um bom profissional, vai depender também, de encontrar uma boa pessoa.

Paulo Mello é membro do Núcleo Pluri – Idealizado para cuidar do ser humano como um todo (no âmbito físico, energético, mental, psíquico, emocional e espiritual), complementando assim, os tratamentos convencionais de saúde, o Núcleo Pluri promove aos seus clientes, por meio da ampliação da consciência, e práticas integradas de saúde, uma visão mais ampla de como superar as dificuldades para obter bem-estar e equilíbrio. Um grupo de terapeutas especializados trabalha de forma integrada, baseados numa metodologia própria e diferenciada, proporcionando ao cliente uma nova percepção de si mesmo e do mundo, o que o permite corrigir, e até prevenir desequilíbrios, para assim, alcançar uma forma mais saudável e feliz de ser e viver.

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.

O jornalista, Adriano Carvalho e o coach, André Lodi em workshop de desenvolvimento de liderançaQuer melhorar o desempenho de sua equipe? Precisa desenvolver os líderes na sua empresa? Conheça as palestras e workshops dos consultores Adriano Carvalho e André Lodi.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.