E se você tivesse só mais 12 meses de vida?

definindo_metas_pessoaisSe você tivesse a notícia de que terá apenas mais 12 meses de vida, o que faria? O que mudaria? Escreveria um livro, plantaria uma árvore ou teria um filho, como sugere o ditado? No dia do meu aniversário, foi assim que pensei.

A maioria das pessoas não gosta muito de falar sobre a morte, muito menos pensar na própria morte, como se isto fosse retarda-lá ou diminuir sua importância. Tanto que ainda é pequeno o número de brasileiros que se protege com um seguro de vida, mas isto é conversa para outra hora. O importante agora é que às vésperas do meu aniversário usei esta referência para definir meu planejamento pessoal para os próximos 12 meses.

:: Receba os artigos direto no seu e-mail assinando gratuitamente o Feed.

Perguntei a mim mesmo o que gostaria de fazer com este tempo final. Confesso que não é um exercício fácil. Está bem, apontar aquilo que não gostamos e o que gostamos é simples, mas a partir daí determinar o que deve ser mudado, é outra história. Colocar em prática então, é mais complicado. O engraçado é que ao se deparar com um tempo finito, percebemos o quanto desperdiçamos este bem tão precioso com bobagens. Aturando pessoas que não valem à pena, defendendo idéias em que não acreditamos, queimando nossos neurônios com problemas que não tem o menor sentido na história da evolução; agimos mais à serviço de nossos desejos e medos, do que de nossos valores.

Posso me considerar um sujeito abençoado por tudo o que já vivi, tive a oportunidade de conhecer pessoas e lugares incríveis, aprendi muito com todos, aproveitei experiências profissionais mais intensas e em quantidade superior à muitas pessoas da minha idade. Olhando para trás, não mudaria nada, afinal sou fruto de tudo isto. Mas ao olhar para a frente, devo fazer um planejamento criterioso, já que com apenas 12 meses, no caso de estipular uma meta para cada mês tenho um total de 12 tarefas a cumprir.

Definindo metas

:: A primeira meta está relacionada ao trabalho. Encerrei minhas atividades como membro de uma consultoria para tentar colocar em prática o desejo de explorar mais aquilo que julgo fazer de melhor: Comunicação e Relacionamento. Minha intenção é desenvolver projetos que possam se beneficiar destas duas habilidades.

:: Escrever o segundo livro. Há algum tempo, escrevi o livro “Operação Cálix – A Aventura do ET de Varginha” publicado pela Clube de Autores, resultado das memórias do meu tempo de repórter de uma emissora de TV, no momento em que tudo ocorreu. Foi uma experiência diferente, disciplinadora e empreendedora. Agora, com um pouco mais de experiência, quero partir para o segundo livro.

:: Dar mais atenção aos relacionamentos. Ao se envolver em projetos desafiadores, é natural que nosso pensamento e energia sejam comprometidos também, deixando menos para as pessoas que estão à nossa volta, como família e amigos. Conheci um sem número de pessoas, de algumas ainda guardo importantes lições, mas são pessoas que não vejo ou não converso com a frequência que mereciam. É algo que vai mudar.

E você, o que mudaria se tivesse apenas mais 12 meses de vida?

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.