Redes Sociais | 6 dicas para pequenas empresas

uso_das_redes_sociais_nas_pequenas_empresasDicas para alavancar negócios e atrair mais consumidores para empresas, independente do tamanho

As redes sociais alteraram completamente a forma com que consumidores se relacionam com as empresas. Através delas, cada pessoa mostra como prefere ser atendida e também reclamar de quem não o satisfez. Neste cenário, saber comunicar-se corretamente com seu público alvo é um diferencial para qualquer companhia, independente do tamanho.

Para as pequenas e médias empresas, utilizar estas ferramentas é fundamental para o gerar mais negócios, atrair novos consumidores e reter os antigos. As redes sociais possuem menor custo – quando comparadas às mídias tradicionais – e, além disto, potencializam a comunicação com o público externo, seja para responder às reclamações que surgirem ou para divulgar produtos e serviços. A humanização no contato com cliente ajuda na aceitação da marca pelo cliente.

:: Receba os artigos direto no seu e-mail assinando gratuitamente o Feed.

As redes sociais são mais baratas que anúncios em TV ou rádio, por exemplo. Para as PMEs, que não possuem a mesma verba para marketing e comunicação, estes canais têm um retorno extremamente positivo. Porém, é necessário gerenciar estas mídias da maneira correta”, explica Meriellin Albuquerque, diretora de planejamento da Ato Z Comunicação, agência especializada em comunicação para pequenas e médias empresas.
 
A consultora monitora diariamente tendências nacionais e internacionais, tanto em ferramentas quanto em novas redes.  Com sua experiência na área, elenca dicas para que pequenos e médios empresários utilizem as novas mídias para atrair e reter clientes:
 
:: Site atualizado: antes de qualquer ação em redes sociais, podemos ressaltar que o primordial, ainda, é ter um site atualizado para que os stakeholders possam buscar mais informações sobre a companhia;
 
:: Interação com consumidores: as redes sociais permitem à empresa a interação com seu público. Com isso, a marca pode conhecer consumidores, identificar desejos e fazer que seu mix de produtos e serviços seja cada vez mais assertivo para seu público alvo;
 
:: Defina o canal com base no perfil da companhia: a escolha do canal de atuação da empresa deve ser feita de acordo com seu público alvo;
 
:: Alinhar conteúdo: o alinhamento do conteúdo para que o usuário saiba o que poderá encontrar no perfil da marca, assim como criar cronograma com possíveis ações e promoções, pode ser muito estratégico para dar visibilidade à marca;
 
:: Planejamento: monitorar canais, produzir conteúdos relevantes aos consumidores e se relacionar com clientes (SAC 2.0) são estratégias fundamentais para PMEs ganharem força nas redes sociais;
 
:: Nada de amadorismo: apesar de parecer fácil, a atuação em redes sociais é uma estratégia de marketing, que deve seguir as diretrizes apontadas pela empresa em seu plano. E, para isso, é necessário contar com um profissional especializado no assunto.
 
Meriellin Albuquerque é especialista em marketing e formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, acumula dez anos de experiência em rádio, televisão, jornal impresso e comunicação corporativa. Em 2007, fundou a Ato Z Comunicação Inteligente, agência de comunicação especializada no atendimento a redes de franquias, pequenas e médias empresas. Responsável pela implementação do serviço de gestão de redes sociais para pequenas e médias empresas na agência, sempre atenta ao público-alvo e às especificidades de cada cliente.  As estratégias em mídias sociais estão sempre alinhadas ao plano de negócios de cada marca. www.atozcomunicacao.com.br

feed_canecaSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.