Plano de Saúde | Programas de prevenção atingem 1 milhão de pessoas

yoga_no_trabalhoOs programas para promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças avançam nas operadoras de planos de saúde e beneficiam aproximadamente 1 milhão de usuários. Com o envelhecimento populacional e a maior ocorrência de doenças crônicas no país, cresce a importância do estímulo a esses programas desenvolvidos para a melhoria da qualidade de vida do beneficiário. 

:: Receba os artigos direto no seu e-mail assinando gratuitamente o Feed.

Para estimular esses programas, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou, em agosto/2011 as Resoluções Normativas 264 e 265, que incentivam as operadoras a implementarem programas dessa natureza.

Antes da vigência das citadas RNs, 127 programas foram informados à ANS com a estimativa de participação de 198 mil beneficiários. Após seis meses, são 543 programas com a participação de 932 mil beneficiários, o que representa um aumento de cinco vezes o número de usuários de planos de saúde beneficiados com a iniciativa.

Os programas implementados pelas operadoras de planos de saúde a partir do incentivo da ANS, além de estimular hábitos saudáveis, podem oferecer prêmios e descontos nas mensalidades dos planos.
 
“A iniciativa representa uma mudança de paradigma na saúde suplementar, pois o objetivo do sistema de saúde deve ser promover a saúde e não somente tratar doenças”, enfatiza o presidente da ANS, Mauricio Ceschin.

Os programas possuem enfoque nas atividades voltadas para temas como estímulo à atividade física, alimentação saudável, prevenção do câncer, das doenças sexualmente transmissíveis, da osteoporose, da hipertensão, da diabetes, do tabagismo e da obesidade. Outra área de atenção com grande destaque é a da saúde do idoso.

Por meio do monitoramento realizado pela Agência, é possível verificar alguns resultados alcançados por esses programas, tais como:

:: Diminuição da exposição a fatores de risco, como inatividade física, alimentação inadequada e tabagismo;
:: Adoção de hábitos saudáveis;
:: Aumento da capacidade funcional;
:: Aumento da utilização de exames preventivos e tratamento precoce do câncer;
:: Diminuição da taxa de internação por doenças crônicas;
:: Mudanças de hábitos e do ambiente doméstico para evitar quedas em idosos;
:: Retorno financeiro comprovado do investimento

Ao investir em programas de saúde, indiretamente, a empresa faz o melhor programa de controle da sinistralidade do plano de saúde.

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.