A importância de manter o Foco

foco_no_que_interessaVivemos hoje na tão comentada e aclamada Era da Globalização. Não existem mais barreiras para informações, negócios, produtos e até para as empresas. Hoje, as companhias, independentemente de seu porte, cruzam fronteiras para oferecer seus produtos e serviços em diversos países. E o que faz determinada empresa ser atrativa também nos mercados internacionais?

:: Receba os artigos direto no seu e-mail assinando gratuitamente o Feed.

O seu DNA, ou seja, o diferencial que ela oferece, o seu core business, que deve ser sempre o seu foco principal.

Seja qual for o core business, processos contábeis, fiscais, administrativos, folha de pagamento, recursos humanos e rotinas do departamento financeiro são algumas tarefas essenciais para a sobrevivência de qualquer empresa, e que consomem tempo, recursos e esforços para serem mantidas funcionando com eficiência.

Além disso, as empresas em processo de globalização necessitam de apoio em três segmentos-chave: pessoas, processos e tecnologias. O sucesso na nova empreitada depende da identificação de talentos para o negócio em desenvolvimento, a adequação dos processos à “temperatura local” e a percepção das melhores tecnologias disponíveis para as necessidades do empreendimento.

É nesse momento que o auxílio de especialistas – que conhecem melhor os mercados locais, suas características e sua cultura, além dos processos e das vicissitudes regionais – pode ser o diferencial. Fica muito mais fácil para as empresas adaptarem-se a essas características específicas contando com apoio especializado e local, podendo manter foco no seu core business.

Esse apoio na adoção de soluções de serviços compartilhados ou de outsourcing pode significar economia administrativa, garantia de excelência em serviços e processos, impacto transformacional na cultura corporativa, flexibilidade, controles, compliance e, especialmente, foco no negócio.

Por exemplo, a prática de SSOA – Shared Services and Outsourcing Advisory (consultoria em gestão de serviços compartilhados e outsourcing) tem contribuído significativamente para a efetiva expansão global das empresas, já que nesta área, as companhias precisam de apoio para desenvolver suas plataformas e viabilizar sua instalação local nos países em que buscam expandir-se.

É interessante perceber também que, com o crescimento da utilização pelas corporações de soluções de serviços compartilhados e outsourcing, o desafio é garantir o alinhamento e adequação no cumprimento daquilo que foi estabelecido nos contratos. É nesse segmento que atua a assessoria em gestão de contratos e dos níveis de serviços prestados. Tal gestão serve para garantir tanto que o contratante obtenha do prestador o cumprimento adequado dos serviços contratados, como que o prestador equalize sua atuação de acordo com o estritamente estabelecido no contrato, para evitar tornar seu trabalho deficitário.

As empresas brasileiras estão vivendo neste momento um amadurecimento que tem sido estimulado inclusive pelo crescimento do uso de serviços técnicos especializados, e muitos gestores têm percebido que a transferência da gestão de alguns serviços é uma peça-chave para que as corporações ponham em prática uma governança corporativa equilibrada. Avaliar essa estratégia é, portanto, uma importante decisão para os gestores empresariais.

Jan Eichbaum é sócio-líder da área de BPO da KPMG no Brasil.

feedSe você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.