Menor Aprendiz | Um novo olhar

jovem_aprendizEstudar e aprender uma profissão são sonhos de muitos jovens de baixa renda. O Programa de Aprendizagem é um dos caminhos para realizá-los. Uma vez que a falta de experiência dos jovens dificulta a conquista do primeiro emprego, é preciso estimular e contribuir para que eles sejam inseridos no mundo do trabalho, além disto, desenvolver talentos desde cedo é uma ótima forma de ter uma equipe de alto impacto.

Ao adotar o programa de Aprendizagem, a empresa que contrata um Aprendiz amplia a realização de ideais de jovens que estão em busca de crescimento profissional. É a oportunidade que ele tem de obter o seu primeiro emprego e ser personagem de transformação social para ele próprio e para a sua família por meio da geração de renda e da evolução deste jovem como futuro profissional.

Por introduzir o jovem na realidade empresarial, o investimento dedicado pela empresa ao Aprendiz se reverte em benefícios a ele, à empresa e à sociedade. O processo de Aprendizagem traz conhecimento e autoestima a este jovem. E ainda, de acordo com o acompanhamento que receba de seu gestor e do desempenho que venha a apresentar, poderá se destacar como um futuro talento da organização.

Histórias de conquistas de jovens que integram o quadro de Aprendizes e o relato de empresas que apostaram no Programa podem ser vistas abaixo no vídeo “Aprendiz – Um Novo Olhar” – realizado para o Fórum Paulista de Aprendizagem Profissional (FOPAP), promovido pelo MTE – Ministério do Trabalho e Emprego.

Sobre o Espro
Fundado em 1979, o Espro – Associação de Ensino Social Profissionalizante é uma organização sem fins lucrativos que atua na capacitação profissional básica e de aprendizagem para jovens, e também para pessoas portadoras de deficiência, com o objetivo de promover a sua inserção no mercado de trabalho.
Desde 2000, a instituição ajuda a unir o potencial dos jovens às necessidades do mundo corporativo. O Espro seleciona, capacita, prepara e encaminha jovens para empresas em diversas regiões do país por meio da inserção em Programas de Aprendizagem, de acordo com a chamada Lei da Aprendizagem (lei 10.097/00).
Outra ação social de grande importância é a Capacitação Básica para o Trabalho, que acontece gratuitamente em diversos Estados, de forma presencial e também via Educação a Distância (EAD). Oferece qualificação profissional básica gratuita a jovens a partir dos 14 anos, em situação de vulnerabilidade social, inclusive portadores de deficiência. O curso ensina técnicas administrativas e oferece conhecimentos de rotinas organizacionais. Estão presentes ainda temas de cidadania, ética, comunicação e lógica, servindo como reforço escolar. A capacitação tem duração de um mês e meio para os maiores de 18 anos, e de três meses para os menores.
Altamente focada em aspectos comportamentais, a Capacitação Básica para o Trabalho é um grande diferencial na formação dos jovens e auxilia significativamente seu ingresso e adaptação no mercado corporativo. Em 2011, foram cerca de 5.000 jovens beneficiados em todo o Brasil.

feed

Se você gostou do artigo, envie para um amigo ou parceiro de negócios. E para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto,seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
Categorias: emprego 1 comentário