RH: como está o seu?

Cresce a avaliação e a busca por indicadores do Recursos Humanos

image O desafio de suprir as equipes necessárias para dar suporte aos planos de expansão e aumento de mercado, vem sendo uma importante vitrine para os RHs, por outro lado, eles vem sendo avaliados com maior rigor. E você está pronto?

Criar ou modernizar o programa de benefícios, investir em treinamento e capacitação, estimular a fidelização dos funcionários e melhorar a comunicação interna. Todas estas atividades são essenciais para um RH estratégico, mas todas implicam na contratação de serviços e assessorias, muitas vezes com valores consideráveis. Para ficar apenas nos benefícios, a assistência médica vem se firmando como o segundo maior custo, perdendo apenas para a folha de pagamento.

Mas se contratar é fácil, justificar tal contratação ao longo do tempo pode ser uma tarefa complicada. Em muitas empresas onde tenho acompanhado o trabalho dos RHs, os departamentos vem sendo cada vez mais exigidos pela alta direção a fazer melhor uso dos recursos. Isto significa estar antenado com o que o mercado vem oferecendo. Da mesma maneira que todos os dias assistimos o lançamento de um modelo de carro ou uma nova marca de roupa, os fornecedores do RH também inovam, ofertando serviços mais competitivos.

É importante trocar idéias com outros gestores, estar conectado à grupos de discussão de RH na web e, principalmente, ter fornecedores que estão sempre trazendo informações relevantes do mercado. O RH moderno tem que reservar espaço para saber o que acontece no mundo à sua volta, do contrário, corre o risco de ser mal avaliado.

Saia na frente, ofereça indicadores

Ainda são poucos os casos de RHs que saem na frente e divulgam seus indicadores tanto de ações quanto de custos, mas aqueles que vem fazendo isto, estão ganhando importância em suas empresas. Porque ao tornar transparente o uso do dinheiro, o RH mostra que está preocupado com o resultado final, e mais, tem uma postura pró-ativa na busca por novas soluções.

Mudanças simples, resultados eficientes

Mais uma vez vou usar o plano de saúde como exemplo. Uma empresa cliente, da área de tecnologia, fez a contratação da assistência médica através de um corretor que não avaliou corretamente as necessidades e perspectivas de crescimento. Em menos de um ano, o produto se tornou obsoleto, caro e não atendeu as expectativas do cliente.

A saída foi reorganizar os grupos de colaboradores, mensurar a necessidade de cada grupo, otimizar o plano e fazer algumas alterações junto à seguradora, por se tratar de um seguro saúde. O resultado foi redução de custos e maior eficiência na utilização do benefício.

O importante mesmo é que o RH tenha a mente aberta, tenha boas fontes de informação e se antecipe à avaliação. Porque se ela ainda não chegou, vai chegar.

Nos próximos artigos vou abordar outros indicadores de avaliação do Recursos Humanos e mostrar como você pode tornar seu RH num ponto estratégico da empresa.

 

feed Se você acha que este artigo foi relevante, envie para um amigo ou parceiro de negócios e fortaleça sua rede de contatos. E lembre-se, para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.