Avaliação do RH – Parte 3 – Medindo o Turnover

Um indicador de fidelidade e até mesmo de saúde organizacional
turnover_ou_rotatividade Turnover ou rotatividade é a relação entre admissões e demissões ou a taxa de substituição de trabalhadores antigos por novos na empresa. A meta é sempre ter um índice reduzido, sendo que vários fatores implicam neste resultado como clima organizacional, salários e programa de benefícios oferecidos e o desenvolvimento das lideranças. Mais do que um indicador de fidelidade dos colaboradores, a rotatividade alta significa prejuízo.

Para o consultor, Eduardo Varela, “5% de turnover representa um custo de 21% da folha de pagamento”. Isto mesmo, 5% de rotatividade custa cerca de 21% da folha!!! Assim o RH que não mede este indicador está perdendo tempo, energia e dinheiro, por isto, mãos à calculadora.
Fórmula:
{[(quantidade de admissões no mês + quantidade de demissões no mês) / 2] /quantidade de funcionários no mês anterior} x 100
O resultado é um índice percentual que deve estar sempre em destaque. Cada nova ação do Recursos Humanos pode representar aumento ou diminuição do turnover e por isto a rotatividade deve ser medida de tempos em tempos.
No próximo artigo, vamos aprender a medir o Absenteísmo.
Se você perdeu os artigos anteriores, aproveite:
 
feed Se você achou este artigo relevante, considere enviar para um amigo ou parceiro de negócios, pode ser uma ótima forma de fortalecer sua rede de contatos. E, para receber as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.