Eficiência da Comunicação Interna


Tire proveito desta importante ferramenta para o Recursos Humanos

network_vencedor Iniciar uma tarefa sempre exige planejamento estratégico. Para a comunicação interna, isso não seria diferente. Qualquer empresa de qualquer porte pode usar essa ferramenta para fomentar um melhor convívio com os colaboradores e a interação entre eles. Sua implementação deve começar com a divulgação da missão, visão e valores da organização. Os colaboradores que estiverem integrados com o seu DNA terão mais comprometimento com os processos e metas e, assim, obterão resultados muito mais favoráveis.

Uma comunicação interna bem planejada e executada corretamente transformará os colaboradores em excelentes porta-vozes. Além de ter um profissional engajado, a empresa terá um vendedor de sua marca, produtos e serviço. E no momento da venda, nada melhor do que transmitir todas as informações ao seu cliente.

É de extrema importância que todo o quadro profissional – dos assistentes à diretoria – tenha conhecimento pleno do que está acontecendo no seu ambiente de trabalho: se ocorre a contração de mais funcionários, se estão oferecendo novos produtos e serviços, dentre outras novidades. Desta maneira, será muito difícil algum colaborador não estar antenado com o que acontece na empresa. No entanto, o inverso também é possível – e pode ter certeza, será muito pior. A falta de comunicação pode transformar seus colaboradores em negativos porta-vozes, que poderão prejudicar a marca ao invés de melhorá-la. Portanto, ao investir em comunicação institucional, a empresa tem de perceber que está aprimorando a convivência e o marketing.

Com a disseminação de tecnologias, a comunicação pode utilizar-se de novos canais para ser cada vez mais atraente e dinâmica e, assim, promover a discussão entre as diversas áreas da empresa. Para tanto, é necessário que a equipe de marketing esteja atenta ao surgimento de recursos tecnológicos e também verifique a viabilidade do canal nos processos da empresa. A comunicação interna tem de ser planejada, trabalhada e mensurada por profissionais especializados. Caso contrário, as organizações correrão o risco de estar sempre improvisando ao invés de comunicando.

Fernanda Bomfim é jornalista e analista de marketing da Trevisan Escola de Negócios [email protected]

 

feed Para acompanhar as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.