A Polêmica dos Reality Shows

O que estes programas podem ensinar sobre reputação e caráter

reality_shows “Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter.” (Theodore Roosevelt)

Nestes últimos dias fui questionada em um programa de TV sobre a minha opinião a respeito dos reality shows, cada vez mais comuns em todo o mundo. Este assunto me encanta porque não há nada que revele melhor o comportamento humano do que estas atrações na TV, colocando em foco a reputação e o caráter de cada participante.

Gosto muito de assistir à série americana chamada “Celebrity Rehab with Dr. Drew”, que narra a experiência real e trágica de um grupo de celebridades, contando como se inseriram no mundo dos vícios,  até o momento em que decidem uma mudança de vida através de um programa de tratamento da toxicodependência. Cada um tem o desejo sincero de alcançar a reabilitação e a recuperação.

É muito triste ver em nossa própria casa artistas famosos em situações tão frágeis e dolorosas, mas esta é a vida real. Eles são tão  humanos como nós e às vezes, tanto eles, como nós mesmos, seus fãs, esquecemos disso. E é impressionante a humildade deles em se exporem para o mundo como exemplo de quem está buscando superar suas fraquezas.

Como o reality show é um formato televisivo que representa o “jogo” da vida, a maioria de seus temas propõe desafios e sai vencedor aquele que souber conviver melhor com todos os participantes ou superar com inteligência as adversidades que encontrar. Quando o show traz celebridades para dentro da minha casa, gosto de acompanhar e avaliar o quanto é dificílimo manter as aparências e o equilíbrio diante da convivência incerta com pessoas mais incertas ainda, que precisam da própria imagem para se sustentar na vida profissional. 

Quando estou ali, diante da TV, para evitar a maledicência e os julgamentos, procuro me colocar no lugar de cada um deles e começo, em mim, um trabalho de autoconhecimento: “Será que eu conseguiria ficar calada diante dessa situação?”. Ou então: “Será que eu sou uma pessoa que sabe perder?”, e assim por diante. Penso que o sucesso dos reality shows se deve a essa  identificação dos telespectadores com personagens tão reais, tão cheios de emoções contraditórias, que acabam por se revelarem tão frágeis quanto aqueles que estão em casa vidrados na tela da TV. 

Naqueles poucos ou mais dias em que são levados a viverem confinados, é possível perceber a grande preocupação dos participantes com a sua reputação – aquilo que os outros pensam que eles são -, mas o que mais está sendo avaliado por todos os telespectadores, o tempo todo, é, na verdade, o caráter de cada um – aquilo que eles realmente são. Por isso, é com o caráter que eles e todos nós precisamos nos preocupar.

Finalizando a minha opinião, uma belíssima reflexão de William Hersey Davis intitulada Reputação e Caráter: “As circunstâncias em que você vive determinam a sua reputação; a verdade em que você acredita determina seu caráter./ A reputação é o que se supõe que você seja; o caráter é o que você é./ A reputação é a fotografia; o caráter é o rosto./ A reputação vem sobre você de fora; o caráter cresce de dentro./ A reputação é o que você tem quando chega a uma comunidade nova; o caráter é o que você tem quando vai embora. / A sua reputação é conhecida em uma hora; o seu caráter não aparece em um ano./ A reputação é feita em um momento;o caráter é construído em uma vida./ A reputação cresce como um cogumelo;o caráter cresce como um carvalho./ Uma única notícia de jornal dá a sua reputação; uma vida de trabalho dá o seu caráter./ A reputação fará você rico ou fará você pobre; o caráter fará você feliz ou fará você miserável./ A reputação é o que os homens dizem de você junto à sua sepultura; o caráter é o que os anjos dizem de você diante do trono de Deus.”

Eliana Barbosa é Consultora em Desenvolvimento Humano,  autora dos livros “ACORDANDO PARA A VIDA – Lições para sua transformação Interior”,  “O ENIGMA DA BOTA – Enfrentando a sucessão empresarial com equilíbrio e sabedoria” e “CARA A CARA COM ALGUÉM MUITO ESPECIAL – Histórias e lições inspiradoras para você se conhecer… e vencer!”  www.elianabarbosa.com.br

 

feed Para acompanhar as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.