Desafios da inclusão e a pessoa com deficiência


A Educação é um dos grandes obstáculos para a Inclusão

image Tendo como exemplo a história de Marcelo Collet, atleta paraolímpico que completou em setembro deste ano a travessia de 34 km do Canal da Mancha, que fica entre a Inglaterra e a França, Carlos Alberto Chiarelli, ex-Ministro da Educação e atual Presidente da Associação da Cadeia Produtiva de Educação a Distância (ACED), comenta que esta poderia também ser a realidade dos mais de 24 milhões de pessoas portadoras de deficiência no Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Histórias como essa de Collet devem servir de inspiração para essa parcela significativa da população. Se Collet fosse pensar no preconceito, certamente teria desistido do esporte assim que foi atropelado e não teria conquistado tantos feitos para a natação brasileira”, diz Chiarelli.

Chiarelli destaca uma pesquisa feita pelo Ministério do Desenvol­vimento Social, abrangendo famílias atendidas pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC) por viverem em estado de pobreza, mostrando que o medo de os filhos sofrerem preconceito por não conseguirem se locomover dentro da escola ou até mesmo não terem condições de aprender as lições, leva 53% dos pais de crianças com deficiência a não matriculá-los nas escolas. “Se a dificuldade é grande, a Educação a Distância (EAD) pode servir como auxiliadora na propagação do ensino, pois permite que ele seja levado para dentro das casas. O que não podemos aceitar é que o melhor é ficar em casa, contribuindo para a exclusão dessas pessoas”, afirma.

Lembra ainda outro estudo, realizado em 2003, pela Fundação Getúlio Vargas que, por meio do Centro de Políticas Sociais (CPS), mostrou que a taxa de abandono, no que diz respeito ao ensino, é muito mais alta entre as pessoas com algum tipo de limitação física ou sensorial, além de evidenciar que o tempo da permanência dos estudantes com restrições na escola é muito mais curto. “O primeiro passo para quem quer superar os desafios é investir na educação e não desistir de seguir adiante com os sonhos. Esse desafio vencido pelo nadador é mais uma prova de que os portadores de necessidades especiais podem, devem e têm condições de ir além. A EAD pode cumprir importante papel para a democratização do saber, mas precisará da virtuosa ousadia das próprias pessoas buscando se superar”, destaca.

feed Acompanhe as atualizações assinando o Feed do Caminhando Junto, pelo Twitter ou cadastrando seu e-mail, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.