Você não precisa fazer tudo sozinho

Criar alianças e parcerias ajuda encurtar o caminho

42-20038605 O melhor jogador é o que decide a partida. O melhor aluno é o que tem as melhores notas. O melhor músico é o solista. Nossa cultura nos ensinou desde pequenos o valor de tentar resolver tudo sozinho, mas até onde isto nos faz bem? Até onde podemos nos enganar sobre esta auto-suficiência? Afinal, não precisamos fazer tudo sozinhos.

Eu também cresci acreditando que todo time é carregado por um astro, uma estrela. Com isto, desenvolvi um perfil profissional muito competitivo e sempre tive dificuldade para compartilhar o que quer que seja informação, trabalho ou mérito. Tanto esforço me rendeu o primeiro cargo de liderança, e, então o verdadeiro desafio começou.

Numa emissora de TV, as vaidades são sempre mais notáveis do que em outros ambientes. O produtor fica enciumado porque nunca aparece mas é quem sempre descobre os melhores assuntos. O repórter acredita que a matéria é dele, afinal é o rosto dele que dá o tom. Por sua vez o cinegrafista é capaz de jurar que o repórter é um peso extra, já que sozinho poderia levar as melhores imagens. No final, o apresentador pensa que todos estão enganados, o jornal é a cara dele.

Todos tentam fazer tudo sozinhos. Ninguém consegue. Esta descrição cabe em muitas empresas, de muitos setores, e, por incrível que pareça em nossa vida particular também. Há casamentos que são mantidos por uma única pessoa, não é mesmo? Em minha experiência fui percebendo que as melhores conquistas eram aquelas que eu tinha com quem compartilhar. E quanto mais gente envolvida, melhor, mais prazerosa. Fui percebendo que a graça da coisa estava em ajudar outras pessoas a conseguirem subir no pódio, mesmo que elas não fizessem as coisas do modo como eu faria.

Hoje tento mostrar isto a outras pessoas não importa o cargo que elas ocupam, quanto mais pessoas se envolvem em seus projetos, quanto mais pessoas compartilham o mesmo destino, mais leve se torna a jornada. Porque os talentos se somam e se completam, a diversidade de opiniões enriquece e amplia horizontes. Quando você planeja uma viagem de férias, não pensa em fazer tudo sozinho, não é? E um churrasco fica muito mais saboroso com os amigos. Então porque o trabalho, os estudos ou qualquer projeto deva ser diferente?

Quando criei o Caminhando Junto pensei muito nisto, queria um blog que ajudasse com informações relevantes. Queria ser capaz de caminhar ao seu lado, não importa para onde você fosse. E caminhar junto é tanto falar como ouvir, então, diz aí o que você pensa, ok?

feed Para acompanhar as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu email, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.