Cachaçaria Água Doce quer fidelizar funcionários

O desafio é reter e motivar cerca de 2 mil colaboradores em 11 estados

escondidinho_de_carne_seca Quando você saboreia um delicioso escondinho de carne seca ou prova uma das 400 cachaças num dos restaurantes da franquia nem se lembra do enorme contingente de trabalhadores envolvidos. Manter um padrão uniforme de serviços é um desafio que coloca o RH na linha de frente da Água Doce.

Treinamentos e reciclagens são custosos e a mão de obra do setor é escassa. “É difícil encontrar bons cozinheiros, garçons e barmen. Por isso, quando conseguimos formar profissionais que se adequam às necessidades de nossa rede, precisamos fazer com que eles se sintam satisfeitos” explica Júlio Bertolucci, Gerente de Franquia.

A Água Doce está comemorando 20 anos de mercado com um grande investimento dirigido ao departamento de Recursos Humanos. “O Plano de Incentivo vem justamente para fidelizar nossos colaboradores, capacitá-los e proporcionar um ambiente propício ao crescimento profissional. Serão adotados procedimentos passo a passo, para que o trabalho se efetive completamente”, explica o Gerente.

O primeiro passo é a realização de Pesquisa de Clima e Satisfação para buscar indicadores de motivação, produtividade e comprometimento da equipe. À frente do RH está Juliana Rodrigues, psicóloga que faz parte da Agua Doce desde 2006, tendo passado por diversas funções e conhecendo bastante a cultura da empresa.

Segundo Juliana, o Plano de Incentivo atingirá os colaboradores dos setores administrativo, cozinha, bar e salão de toda a rede Água Doce. O projeto pretende identificar o que cada um pensa e sente a respeito da empresa; seus interesses, motivações e desejos; definição das inter-relações existentes; cultura e valores; satisfação com sistema de remuneração, atividade exercida, ambiente de trabalho e comunicação interna, além de outros fatores que influenciam seu bem-estar e desempenho profissional. “A ideia é reconhecer as necessidades em recursos humanos, com o intuito de promover ações específicas e auxiliares aos franqueados nessa área”, diz.

Atualmente os franqueados são orientados quanto à política de cargos e salários e seguem as regras do Sindicato dos Bares e Restaurantes de cada região. Os benefícíos que incluem assistência médica e seguro de vida são opcionais de cada franqueado.

Colaborador quer ser ouvido

Antes da implantação do Plano de Incentivo, a empresa utilizou seus consultores de campo para detectar o clima da organização. O que a empresa sentiu é que os funcionários querem ter mais feedbacks positivos (elogios) e não só os negativos (críticas); desejam que sejam criadas mais oportunidades de promoção de cargos; necessitam de maior número de horas para treinamento e gostariam de ver suas opiniões levadas em consideração com maior frequência.

A melhora do relacionamento inter-pessoal também é um desejo dos colaboradores, bem como a promoção da união das equipes. “Os consultores de campo também relatam que os funcionários da Água Doce sentem-se importantes por pertencer a uma grande rede, e esse é um fator bastante motivador para eles. Agora, a Pesquisa de Clima e Satisfação poderá complementar o que a consultoria de campo iniciou”, explica Juliana.

A responsável pelo departamento de Recursos Humanos diz que a empresa deseja realmente ir fundo para desenhar a realidade de seus colaboradores. “Incluímos no processo outras variáveis, como a satisfação com a remuneração, com a carga horária praticada, o prazer em desenvolver determinada função e queremos até saber qual é o grau de dificuldade encontrado pelo colaborador para suprir suas necessidades pessoais. É assim que implantaremos mecanismos que gerem comprometimento com a empresa”, relata.

Com os resultados da pesquisa, será a hora de implantar as estratégias que permitam reduzir a rotatividade de pessoal, que ocorre principalmente nos setores de cozinha, bar e salão. A realidade enfrentada pela rede é idêntica a muitos setores, e o fortalecimento do RH e valorização do colaborador parece ser a melhor saída.

feed Para não não perder as atualizações basta assinar o Feed do Caminhando Junto, seguir pelo Twitter ou cadastrar seu email, o serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.