Programa de Benefícios: case de sucesso

recursos_humanos Enquanto o aquecimento da economia tem descortinado um horizonte incrível para a grande maioria das empresas, a escassez de mão-de-obra qualificada tem se tornado um pesadelo. Alguns setores vêm registrando índices de rotatividade assustadores, isto porque após o período de formação do seu profissional, ele logo é recrutado pelo mercado, jogando por terra todo o esforço e investimento realizado. Como virar o jogo? Veja o exemplo desta empresa de Belo Horizonte.

Com cerca de cem colaboradores, a empresa do setor imobiliário, é dona de grandes contas em BH, São Paulo e Brasília e com isto, seus principais profissionais estão sempre expostos e continuamente são convidados a mudar o endereço de trabalho.

Foi preciso um intenso investimento em valorização do profissional, sempre com um único objetivo: criar um relacionamento de longo prazo com o funcionário. Já se foi o tempo em que o cara ia trabalhar apenas pelo salário, hoje, o garoto sai da universidade sabendo que não há oferta de mão-de-obra qualificada no mercado e não compartilha a mesma fidelidade com o patrão que o pai dele.

A solução mais interessante foi encontrada no programa de benefícios, mais especificamente na implantação do plano de previdência corporativa. A idéia básica foi estimular o funcionário a poupar, iniciando a reserva da aposentadoria, criando níveis de contrapartida da empresa ligados à permanência na casa. Quanto maior o tempo de serviço maior é a contribuição da empresa e também o limite de resgate, assim, se o funcionário decidir ir embora antes de 10 anos, não tem direito à reserva integral, o que significaria deixar para trás um belo patrimônio.

Além de um plano muito bem desenhado, o RH contou com a assessoria de uma empresa especializada em benefícios para criar a comunicação e fazer a apresentação aos colaboradores. Foram três meses de trabalho intenso de ambas as partes, iniciando pela identificação dos atrativos oferecidos pelos concorrentes até a definição das regras e escolha do plano ideal. Resultado: 100% de adesão. Agora o trabalho vai ser transformado em case para apresentação em eventos interno e externos. Show de bola, não?

E na sua empresa? O que está sendo feito para valorizar a dedicação e fidelidade do colaborador?

Para saber mais sobre programas de benefícios, veja estes artigos também:

Programas de Benefícios: o desafio de atrair e reter talentos

Como atrair e reter talentos

O apagão profissional

 

feed Para receber as atualizações é só assinar nosso Feed. O serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.