Heineken anuncia o novo nome da empresa no Brasil

Após aquisição da divisão de cerveja da FEMSA, a Heineken dá mais um passo na sedimentação de sua operação no país

heineken A Heineken oficializou seu nome fantasia que, de agora em diante, passa a se chamar Heineken Brasil. Este é mais um passo da companhia na transição da FEMSA Cerveja Brasil para a nova empresa que já nasce como a sexta maior operação da Heineken no mundo.

“Este era um momento esperado por todos. A Heineken tem 147 anos de tradição na produção de cervejas de qualidade superior. E todos nos conhecem por isto, nos 72 países onde temos operações. Poder trazer ao Brasil todo este histórico de tradição, inovação e qualidade cervejeira, é motivo de muito orgulho para todos na Heineken”, diz Rodolfo Hrosz, Vice Presidente responsável pelo Processo de Integração da Heineken no Brasil.

A Heineken Brasil será comandada pelo executivo Chris Barrow, atual diretor das operações da Heineken na Polônia, no Grupa Zywiec, segunda maior cervejaria do país com 35% de market share. O primeiro time da Heineken Brasil contará com outros sete diretores.

Nuno Teles, que atualmente está na divisão da Heineken em Portugal (Sociedade Central de Cervejas e Bebidas) assume a posição de Diretor de Marketing. No cargo de Diretor de Inovação dos Processos Financeiros do setor de Controle & Contabilidade do Grupo Heineken, o italiano Alberto Toni passa a atuar como novo Diretor Financeiro no Brasil. Isabel Moisés, que responde como Diretora de RH & Comunicações Internas da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (Heineken Portugal) foi nomeada nova Diretora de RH. Paulo Macedo, atual Diretor de Relações Externas MERCOSUL da FEMSA, passa a responder pela Diretoria de Relações Corporativas da Heineken. Edmundo Albers mantém a posição de Diretor Industrial; Jorge Kowalski, Diretor Comercial e Wilson Nogueira, Diretor de Planejamento e Controle, permanecem em seus cargos atuais.
Sobre a Heineken

A Heineken é uma das maiores cervejarias do mundo e está comprometida em crescer e manter-se independente. A marca que leva o nome do fundador da família – Heineken – está disponível em quase todos os países  e é a marca de cerveja premium mais internacional e valiosa do mundo. O objetivo da companhia é ser uma cervejaria líder em cada um dos mercados em que atua e ter o mais valioso portfólio de marcas do mundo. Em 2009, a empresa operou 125 cervejarias em mais de 70 países e vendeu 159 milhões de hectolitros. A Heineken é a maior cervejaria da Europa e a terceira em volume no mundo. Em 2009, a receita totalizou € 14.7 bilhão e o lucro líquido, antes da amortização de marcas e relações com clientes, foi de € 1,0 bilhão. Em 2009, o número médio de funcionários foi de 55.301.

Leia sobre outras ações empresariais no Brasil:

Rexam vai abrir mais uma fábrica no Sul de Minas

Quatro sulmineiras no ranking da Exame

Cacau Show: meta é ser maior do mundo

 

feed Para receber as atualizações é só assinar nosso Feed. O serviço é totalmente gratuito.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.