Crianças se divertem com U2 e Pink Floyd

 Esses dias pude sentar no sofá da sala, coisa que raramente faço para  ver um pouco da novela das 19h da Globo "Tempos Modernos" e curtir uma questão extremamente interessante. O pai de um adolescente chamado Led (Zeppelin) adoraria que seu filho tocasse rock’n’roll numa guitarra, mas ele curte mesmo música clássica e esbanja talento no seu violoncelo.

Se você é um desses pais ou mães ou gostariam que seus filhos bebessem nas duas fontes. Não se preocupe, a série Baby da gravadora MCD tem a solução.  

É meio inusitado, porém eles transformaram pérolas do pop, rock e até progressivo em canções singelas para crianças. São arranjos instrumentais criados especialmente para estimular (e "afinar") a relação dos pequenos com a música.

Além da música, os CDs trazem encartes com as letras e sugestões de atividades lúdicas para serem praticadas em conjunto por pais e filhos. Os primeiros lançamentos da MPBaby foram dedicados às cantigas populares, à música brasileira (Bossa Nova e Clube da Esquina, com o pianista André Mehmari, Chico Buarque, com o pianista Benjamin Taubkin, chorinho, forró, carnaval etc.) e ao repertório dos Beatles (também com Mehmari).

O rock britânico é a mais nova vertente da MPBaby, inaugurada em grande estilo com dois CDs, dedicados à música do Pink Floyd e do U2.

No caso do U2 o piano cede lugar aos timbres metálicos do violão. São 14 faixas, com os clássicos da banda como "With Or Without You", "I Still Haven’t Found What I’m Looking For", "One", "Pride (In The Name Of Love)" e "New Year’s Day".       

O disco dedicado ao Pink Floyd chega a ser irreverente com a valsinha  "Shine On You Crazy Diamond" numa condução bem apropriada aos ouvidos iniciantes. Nas outras 14 faixas, leveza e requinte com " Money", "Time", "Confortably Numb", "If", "Wish You Were Here" e "Us And Them".            

Seja um bom pai. Ofereça boa música para seu filho.

Eduardo Souza é jornalista, cantor e compositor.

::: Se você gostou deste artigo, pode assinar o nosso Feed e receber todas as atualizações.

 


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.