ET de Varginha: novo episódio

Jornalista que participou da cobertura lança livro pelo Clube de Autores

Janeiro de 1996, uma notícia marcaria para sempre uma tradicional cidade mineira. O ET de Varginha levou o nome da cidade para o mundo, uma história associada à curiosidade, bom humor e muita especulação. Mais de 14 anos depois, uma simples pesquisa no Google resulta em 91.600 páginas falando do assunto. Mas de fato o que aconteceu?

O jornalista, Adriano Carvalho apenas começava sua carreira na principal emissora de TV da cidade e viveu de perto os principais lances do ET de Varginha. “O que começou como piada ganhou toques surreais quando a cidade foi invadida por jornalistas de várias partes do mundo, grupos de ufólogos e especialistas de todo tipo”, conta Adriano.

Ao longo do tempo a história foi apimentada com declarações, informações de outras cidades, envolvimento de vários órgãos até que foi considerada como o maior caso da ufologia mundial. Hoje, ET de Varginha é praticamente o sobrenome da cidade, com direito a uma nave espacial estacionada no centro da cidade.

Para o jornalista, sempre foi a história mais divertida nas rodas de conversa. “Tive a oportunidade de viajar muito e mesmo em outros países a curiosidade era certa. Falar do ET de Varginha era garantia de prender a atenção de todos, daí veio a idéia de escrever o livro”, explica.

Operação Cálix – A Aventura do ET de Varginha :: O livro narra os eventos seguindo a cronologia oficial, mas e as perguntas sem respostas? Adriano Carvalho decidiu usar a criatividade para preencher os espaços vazios, mesclando ficção com realidade. “Para deixar o leitor decidir o que é real e o que não é, numa narrativa divertida, cheia de emoção e que aborda valores como tolerância, amizade, lealdade e ética”, comenta Adriano Carvalho.

O livro está á venda no Clube de Autores e pode ser comprado pelo link: http://www.clubedeautores.com.br/book/16804–Operacao_Calix

Se você tiver qualquer curiosidade a respeito, deixe seu comentário aqui no blog.

 


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.