Atraso Digital Compromete Desenvolvimento Brasileiro

Em pleno 2010, o Brasil ainda tem 65% de sua população privados da internet. Desse contingente de excluídos digitais, 60% não têm acesso a computadores. O universo de internautas que usam a web em banda larga representa apenas 5,25% dos brasileiros. O que deixa nosso país abaixo de vizinhos como Argentina (7,95%), Chile (7%) e de nações latinas como o México (8,49%). A diferença para os líderes em acesso de alta velocidade é gritante. A Suécia, líder do ranking, tem 37,3% de sua população beneficiados pelo serviço. Na Dinamarca, são 36,8%. E por aqui, o preço da banda larga continua sendo um dos mais caros do planeta.

Segundo a consultoria Mckinsen&Company, quando uma nação eleva em 10% o volume de habitantes conectados à internet, com banda larga, seu Produto Interno Bruto pode crescer em até 1,4%, por conta da rapidez de informação, do acesso ao conhecimento e das compras na web, entre outras virtudes.

O estudo da União Internacional de Telecomunicações, agência das Nações Unidas, recomenda maior atenção dos países à inclusão digital.

www.conapub.com.br

 


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.