Gestão de Pessoas como estratégia de liderança

Como a gestão de pessoas pode ajudar uma empresa a tornar-se líder? Veja como a Cromex está fazendo para figurar, até 2010, no ranking das melhores empresas para se trabalhar. A companhia de capital 100% nacional e líder no mercado brasileiro de masterbatches de cores e aditivos para plásticos, ampliou seu conceito de gestão de pessoas. Os moldes adotados evidenciam a tendência da Cromex em valorizar o profissional que compõe seu quadro de colaboradores no intuito de proporcionar a ele um crescimento pessoal que acarrete também o desenvolvimento dos negócios.

Para tanto, a Cromex reestruturou seu departamento de Recursos Humanos. Terceirizou as atividades burocráticas do RH, como folha de pagamento, rescisão de contrato e outras, para formar um departamento com foco mais estratégico e voltado à gestão de pessoal – que passou a se chamar DHO – Desenvolvimento Humano e Organizacional, com foco no desenvolvimento das pessoas e da organização.

O trabalho da nova área se inicia com uma avaliação das competências de todos os colaboradores da companhia em alinhamento com os objetivos estratégicos, a começar pela diretoria e gerência. Essa avaliação vai mostrar como cada um desses colaboradores se encaixa no critério de uma empresa mundial. O objetivo é, a partir dessa avaliação, iniciar um trabalho individual da carreira do colaborador, com foco na gestão de conhecimento, verificação de potenciais, identificação de back ups, tudo isso visando a retenção de talentos e a gestão do capital intelectual.

O colaborador tem um retorno preciso de sua avaliação, do ponto de vista do mercado em que ele atua e da empresa e seus pilares. O programa de gestão identifica as lacunas a serem melhoradas e também oferece caminhos e soluções para isso. “A idéia é de não gerar angústia no colaborador que tiver uma avaliação com ‘gaps’ identificados, e sim mostrar a ele o que pode ser melhorado, não apenas para a sua atuação na Cromex, mas em toda a sua vida profissional”, afirma Wladimir Martins, diretor de DHO da Cromex.

Para a Cromex, os benefícios da nova gestão se traduzem em maior envolvimento do colaborador, melhor rendimento, possibilidade de melhoria na gestão das equipes de trabalho, “além de um clima de trabalho mais agradável na empresa, uma vez que as pessoas percebem que se trata de um processo de investimento mútuo entre elas e a companhia”, afirma Carla Regina de Carvalho, gerente de DHO da Cromex e uma das gestoras do programa. 

Hoje a Cromex conta com  472 colaboradores nas unidades de São Paulo e Bahia. As contratações realizadas a partir de agora também já acontecem dentro do processo de avaliação por competências. Trata-se de um modelo de gestão baseado na norma ISO 10015 que está direcionada para seleção e treinamento e tem foco em resultados.

 

 


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.