Telefônica vira Movistar em 2011

A newsletter do Meio e Mensagem trouxe hoje um post muito bacana sobre as mudanças na Telefônica à nível mundial. Nova estratégia comercial, novo posicionamento de marcas e uma iniciativa que me chamou a atenção, a criação de um guardião da marca. Abaixo publico trechos do post, já que o acesso não é livre.

 

Terra, Atento e Vivo seguem existindo. Mudança faz parte de plano global que relega o nome Telefônica tão somente à comunicação institucional

 

A Telefônica anunciou ontem, terça-feira, 17, uma nova estratégia mundial de marcas que começa a valer entre o outono e a primavera de 2010, e que atingirá inclusive o Brasil, só que somente em 2011.

A partir de agora, o nome Telefônica deixa de ser uma marca comercial para se restringir apenas ao campo institucional, para comunicação com acionistas, empregados e patrocínios institucionais. Desse modo, na América Latina e Espanha  os produtos e serviços passam a ser Movistar, enquanto no Reino Unido será O2.

Na América Latina, a telefonia fixa terá a alcunha Movistar Fixa, enquanto a banda larga  que atualmente é Speedy no Brasil, será Movistar Banda Larga. Na telefonia móvel, o novo nome será Movistar Mobile, mas os executivos da empresa confirmaram à mídia espanhola que o nome Vivo prosseguirá no Brasil, já que a operação é uma joint venture com a Portugal Telecom. A Telefônica do Brasil já tinha confirmado esta informação.

A empresa está criando também a figura do Guardião da Marca, uma pessoa encarregada de vigiar e assegurar que a marca comercial esteja sendo empregada corretamente na comunicação de modo a passar os valores que representa. Haverá seis “guardiões”, sendo um deles no Brasil. Argentina, Colômbia, Espanha, México e Reino Unido também terão essa figura.

As mudanças atingem também o próprio logo institucional da Telefônica, que será alterado, com a saída do verde-pistache e entrada do branco.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.