Festival de Circo do Brasil começa hoje em Recife

A França é a convidada especial do 5º Festival de Circo do Brasil, que será realizado de hoje a 18 de outubro no Recife. O evento integra o calendário oficial do Ano da França no Brasil e reunirá companhias dos dois países. No total, o festival apresentará seis companhias francesas e 11 atrações nacionais. Os espetáculos serão apresentados nas ruas, parques e teatros da cidade.
Participarão do festival as companhias francesas Akoreacro, com “Pfffffff”; a companhia Non Nova, com o espetáculo “P.P.P.” (Position Parallèle ao Ploncher); Cirkologiom, com “Diabologiom”; Cirque Fusion, com “Triskel”; a companhia Matapeste, com “Clic Clac les Z’amoureux” e “Noces de Clown”; e o Trio Zindare, com “La Vuelta”.
“A França é um país com tradição circense. As companhias francesas apresentarão em Recife espetáculos inovadores e técnicas modernas, trazendo uma nova linguagem circense ao País”, destacou o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Cultura, Marcelo Dantas.
O festival será aberto no dia 8 de outubro com as apresentações do mineiro Luis Sartori do Vale e a companhia francesa Akoreacro. A apresentação será realizada no Teatro de Santa Isabel, às 21h, e tem como mestre de cerimônias o carioca João Artigos, do expressivo Teatro de Anônimo. Sartori apresenta o número “Carton”, que conta com cenário em papelão, no qual são reproduzidas situações cotidianas, criando um universo particular onde os objetos ganham vida, são manipulados e manipulam o próprio artista. Os franceses do Akoreacro trazem o elogiado “Pfffffff”, um conto de fadas moderno, baseado nos espetáculos circenses de rua e de picadeiro.
Além dos espetáculos, o Festival de Circo do Brasil promove também um módulo de fomento, com três oficinas gratuitas. Para completar a programação, também haverá uma festa na boate Nox no dia 9 de outubro, intitulada “Cabaré Circense”. O evento terá discotecagem de Jérome Pigeon e DJ Dolores e conta com números circenses dos grupos O Teatro Mágico e Acrobático Fratelli. Pigeon, mais conhecido como Gringo da Parada, é dono do Favela Chic, o espaço que virou referência musical da noite parisiense.

Serviço:
5º Festival de Circo do Brasil
De 8 a 18 de outubro
Entrada franca para os espetáculos de rua
Teatro de Santa Isabel: R$ 10 a R$ 30
Teatro Guararapes: R$ 40 e R$ 20 (meia entrada)


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.