Artesanato reciclado faz suceso em Minas

Artesã mineira cria esculturas que retratam brincadeiras de criança e o companheirismo entre mãe e filha. As peças são feitas com material reciclado e estão entre os produtos que serão comercializados durante a Feira de Artesanato de Tiradentes, no feriado de 7 de setembro.
A artesã da cidade de Entre Rios de Minas, Alice Mascarenhas, descobriu que produtos que iriam para o lixo poderiam se transformar em matéria-prima para suas peças. Há quatro anos, ela se mudou para BH e iniciou a produção de esculturas feitas com sacos de cimento, jornais e varetas de bambu.
As imagem ilustram brincadeiras como pular corda, dança de roda e cenas de carinho entre pais e filhos. Tudo é feito manualmente e as peças levam cerca de quatro horas para serem concluídas.
O processo de produção começa com a sobreposição do saco de cimento e cola. O isopor e as varetas de bambu são utilizados para dar sustentação aos bonecos. Depois de secas, as esculturas são pintadas e é feito um acabamento com verniz.
Cada peça custa entre R$ 45 e R$ 80 e já são comercializadas em São Paulo. A artesã foi capacitada, em 2008, pelo Programa Sebrae de Artesanato. Ela participou de consultorias nas áreas de inovação, associativismo, finanças, atendimento, mercado e design.
No próximo final de semana, as peças de Alice e de outros 250 artesãos estarão expostas na Feira de Artesanato de Tiradentes. Serão comercializados produtos decorativos feitos de madeira e cerâmica, utilitários de patchwork, bijuterias em tecido, bordados e bonecas de cabaça. O evento é promovido pela JF Empreendimentos, em parceira com o SEBRAE-MG, Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Superintendência de Artesanato de Minas Gerias e Prefeitura Municipal
Feira de Artesanato de Tiradentes
De 4 a 7 de setembro
Praça de Eventos – Rua dos Inconfidentes, 140 – Centro
Tiradentes/MG

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.