Ponta de estoque: dicas para uma boa compra

Comprar em pontas de estoque ou outlets é mais vantajoso do que as compras em shoppings ou lojas de ruas, mesmo em épocas de liquidação. Isso porque o período de lançamentos e promoções nos dois tipos de comércio é praticamente o mesmo. A informação é da consultora de moda, imagem pessoal e corporativa, Bia Kawasaki. De acordo com ela, a economia ao adquirir peças de outras coleções, nestes períodos, pode chegar a 30%.”Sobre o preço de liquidação de uma loja normal, a economia ao comprar em uma ponta de estoque ou outlet gira em torno de 30%. Em relação ao preço de tabela, varia de 50% a 70%”, diz a consultora.
O que comprar? Contudo, alerta Bia, as pontas de estoques guardam armadilhas que podem gerar prejuízos ao consumidor, como roupas com modelagens muito antigas que, provavelmente, ficarão abandonadas no fundo do armário. “Muitas vezes as peças são de décadas atrás, especialmente nos outlets internacionais, cujos estoques são maiores do que nos estabelecimentos daqui.”Para não gastar dinheiro à toa, inclusive em liquidações, a consultora orienta fugir das estampas, principalmente do xadrez, pois elas geralmente mudam de uma coleção para outra. Além disso, evite roupas nos tons marrom e azul marinho (exceto jeans) e nunca compre tecidos 100% poliéster, pois, na maioria das vezes, diz Bia, ele “não cai bem”. Por outro lado, peças de tecidos nobres, como shantung, seda, tafetá, organza, zibeline e musseline são sempre boas compras.
As mulheres devem investir em peças clássicas, nas cores preta, amarela, cinza, violeta e branco. Blazers curtos, na altura da cintura, camisas brancas, saias lápis, jeans style (com elastano) e tradicional, calça preta reta e branca não muito justa, leggings, pijamas e lingeries, roupas de ginástica, além de sapatos do tipo peep toe, scarpins, botas de salto, sandálias de tira e sapatilhas.
Já os homens devem comprar camisas lisas, na cor branca, azul ou rosa claro, sendo que esta última só deve ser usada com jeans, explica Bia. Além disso, eles devem adquirir ternos com cortes mais ajustados ao corpo, sapato social nas cores preto ou café e sapato marrom claro para combinações mais casuais.
Cuidados – A consultora lembra, ainda, que o consumidor não deve comprar nada que não seja do seu tamanho exato e precise de ajustes, além da barra. As pessoas também devem ficar atentas aos preços absurdamente baixos e ter cuidado com a empolgação, comprando somente o necessário e deixando de lado os modismos.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
Categorias: consumo 1 comentário