Maria da Fé de braços abertos no Festival de Inverno

Empresários de Maria da Fé, no Sul de Minas, se preparam para receber mais de 6 mil turistas durante o Festival de Inverno. O evento irá movimentar a economia da cidade conhecida pelas baixas temperaturas e pelo artesanato feito com fibra de bananeira. O festival, que tem o apoio do SEBRAE-MG, termina neste domingo.
No ano passado, o evento impulsionou o comércio e o turismo local e gerou cerca de R$ 103 mil para comunidade. A expectativa é que este ano o faturamento aumente. Na programação estão previstas oficinas de arte e artesanato, palestras sobre design, shows e exposições.
Para dar maior comodidade aos visitantes, a população está se organizando para receber os turistas vindos de São Paulo e de cidades do Sul de Minas. Seis pousadas domiciliares foram preparadas como alternativa de hospedagem.
Nestes locais, o turista utiliza um quarto na casa do anfitrião e compartilha alguns espaços da moradia. A idéia é oferecer ao visitante uma alternativa de hospedagem diferenciada, com preço mais acessível e uma oportunidade de interagir com a cultura e costumes locais.
Para garantir uma boa estada, o SEBRAE-MG ofereceu às seis famílias consultorias sobre gestão, atendimento e boas práticas de negócio. O Festival de Inverno é realizado pela Rede Empresarial Mariense, Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas com o apoio do SEBRAE-MG e da Prefeitura de Maria da Fé.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.