Eventos em Universidades facilitam a seleção de jovens

Recrutamento estratégico gera assertividade. Seguindo esta equação, profissionais de Recursos Humanos das principais empresas do país têm apostado em feiras de recrutamento para se aproximar de universitários que, segundo eles, são diferenciados e apresentam grande potencial. Tratam-se de eventos realizados nas principais universidades brasileiras, que criam um excelente espaço para contato entre recrutadores e candidatos. Ao passo em que as empresas apresentam seus valores e programas, atraindo e despertando interesse de novos talentos, os candidatos tomam nota de dicas sobre o perfil de cada empresa e aproveitam para se apresentar pessoalmente aos profissionais de RH.

Para Marcelo Braga Nunes, analista de desenvolvimento de pessoal da Romi, estar em contato com talentos é fundamental. “Para isso promovemos ações nas universidades, buscando apresentar nosso negócio, nossa estrutura e, principalmente, conhecer os candidatos. Neste ano, participaremos da Talento 2009, a ser realizada na Unicamp, em agosto. “A feira é uma excelente oportunidade de estreitar a relação da empresa com futuros parceiros de sucesso”, aponta.

Para se ter uma ideia da dimensão dos contatos gerados, a Talento 2009 – maior feira de recrutamento do Estado de São Paulo, realizada na Unicamp – espera atrair 8 mil visitantes. Em um dia de evento, serão ministradas 41 palestras e quatro oficinas em torno do tema ‘seleção de profissionais’. Os participantes interessados podem deixar seus currículos cadastrados no banco de currículos do evento – que será disponibilizado para todos os expositores. “Esse é um dos pontos fortes da Talento. As empresas participantes realizam processos de recrutamento não só durante a feira, mas também por meio do acesso ao banco de currículos, que conta com cerca de 10 mil cadastros e é atualizado anualmente. De acordo com o contrato, a empresa pode acessá-lo ao longo de um semestre ou um ano”, afirma Carolina Nucci, coordenadora da Talento 2009.

Plano de carreira – A área de consultoria das empresas é a responsável por selecionar e buscar talentos. No entanto, cada vez mais os consultores investem também na transparência na definição de metas e estratégias para cada funcionário, como ferramenta de gestão. Uma vez feito o planejamento estratégico, os gestores firmam um contrato de metas com seus subordinados. Desde o início são definidos os objetivos da empresa, da área e os pessoais de cada funcionário.

Aline Rosa, supervisora de desenvolvimento organizacional da ZF, também participante da Talento 2009, lembra a importância do início de toda a cadeia dentro da área de RH. “Quando recruta, a empresa precisa de profissionais que tenham princípios de acordo com a política corporativa dela. Por isso é tão importante apresentarmos nosso plano de gestão e carreira. As atividades vão além de selecionar currículos e abordagens em entrevistas. É preciso que o candidato conheça nossa cultura”, explica.


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.