Geladeira Bosch causa sérios danos a idosa em acidente

Recebi este e-mail ontem a noite, enviado pela neta da senhora. Como acredito no poder da informação e de comunicação dos blogs, achei que valia à pena dar uma força.

“Najla Damaa Haddad, de 79 anos, adquiriu um refrigerador da marca Bosch (ref. Bosch KDV47A C Desfrost 476L BR 110 / nº de cadastro de fábrica 1576132) na loja Ponto Frio, em 13/05/2007, pelo valor de R$ 1699,00.

Há cerca de 4 meses, a porta da geladeira soltou-se e, ao contatar o SAC da Bosch, foi informada que, por não estar mais dentro do prazo de garantia, ela poderia contratar qualquer assistência técnica autorizada. O mesmo foi realizado, efetuando a troca da única dobradiça que sustenta as portas do freezer e da geladeira por outra peça original da marca. Felizmente, na ocasião não causou nenhum dano pessoal. A assistência técnica contratada na ocasião realizou e cobrou o reparo.

No dia 28/04/09 o mesmo acidente ocorreu, porém desta vez com danos muito mais sérios. Além da porta da geladeira, a porta do freezer também caiu, ambas em cima de Najla, uma senhora idosa portadora de séria limitação de mobilidade nos membros inferiores e dependente de andador para locomover-se, ainda assim, com dificuldade.

Najla mora num apartamento com a cunhada, também idosa, e a empregada que, ao tentar remover as portas que a derrubaram no chão e estavam sobre ela, solicitou ajuda ao zelador do edifício onde mora para conseguir realizar esta manobra e levantá-la.

Vários vizinhos ouviram os barulhos causados pela queda das portas do refrigerador e entraram em contato na mesma noite e no dia seguinte preocupados com os danos físicos que o acidente teria-lhe causado.

Além dos ferimentos e o agravamento de suas condições pelas dores agravadas com o impacto da queda causada pelas portas que caíram sobre si, o acidente acarretou também um trauma emocional pelo susto causado.

Novamente a assistência técnica da Bosch foi acionada e somente dois dias após o contato, ou seja, no dia 30/04/09, um técnico compareceu e apenas substituiu a dobradiça rompida, acarretando também custos de reparo no valor de R$ 65,00. Outras peças foram afetadas, como três prateleiras (do refrigerador e do freezer) quebraram tamanho impacto, assim como coberturas da dobradiça.

Nesta visita para reparo, o técnico afirmou este ser um defeito freqüente da geladeira e reforçou a fragilidade do equipamento e que, mesmo realizado o conserto, esta não é uma geladeira segura e que este problema poderia voltar a ocorrer, pois a estrutura da dobradiça não suporta o peso das portas. Ou seja, é uma geladeira que realmente apresenta um problema, colocando as pessoas em risco. Logo após, fomos informadas do mesmo ocorrido com um familiar de conhecida.

O SAC da Bosch foi acionado o qual, com muita má vontade, informou que, a princípio o que poderiam fazer seria ressarcir os R$ 65,00 referentes aos gastos com o concerto, depois da análise do problema para a qual deram um prazo e abriram um protocolo. Não havendo retorno, foi realizado contato com a Assessoria de Imprensa da fábrica e finalmente o caso foi encaminhado à Analista de Atendimento ao Consumidor da Bosch.

Tendo em vista o indiscutível defeito de fabricação do equipamento, consideramos um ultraje a oferta de cortesia da Bosch de um simples ressarcimento do custo de R$ 65,00 referente à assistência técnica e substituição das peças quebradas internamente pelo acidente, ignorando completamente os danos físicos e morais causados à consumidora.

Finalmente, após insistentes contatos, foi agendada pela Bosch uma inspeção técnica que ocorreu no dia 09/06/09 para averiguação das condições da geladeira em questão, acompanhada pelo advogado da consumidora e mais uma testemunha presente, além da proprietária do produto e vítima do acidente.

Durante este procedimento, o próprio representante da empresa – e na presença de testemunhas – reforçou que a geladeira realmente representa um risco e, mesmo com os reparos realizados pela assistência técnica oficial da Bosch, ela apresenta os mesmos problemas e não poderá se utilizada normalmente com tranqüilidade pela consumidora.

Na mesma data da inspeção, foi realizado contato pela Analista de Atendimento ao Consumidor da Bosch, a qual ofereceu, diante da análise técnica realizada, apenas um suporte técnico e reparo do refrigerador.

Como consumidora, a compradora do produto tem total direito de receber a recompra do produto, procedimento que foi solicitado à Bosch desde o primeiro contato, para que se possa providenciar a substituição do produto por um similar de outro fabricante, já que não há, comprovadamente, confiança de qualidade no produto em questão.

Todas as documentações estão arquivadas, em caso de necessidade de consulta.

De forma alguma permitiremos que essa senhora vítima de um acidente causado por erros da própria Bosch continue correndo riscos com a geladeira, mesmo que na análise haja indicação de reparo. Realmente, após o acidente ocorrido, não é possível confiar neste procedimento e o fabricante recusa-se a assumir a falha do produto e agir de maneira justa perante seus consumidores.

Sendo assim, gostaríamos de levar este caso a público para que outros possíveis consumidores da Bosch fiquem cientes do risco que seus produtos oferecem.

Atenciosamente,
Vivian Najjar”


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.