Conheça a estrutura industrial do Brasil

De 2003 a 2007, o número de empresas industriais no país (com cinco ou mais trabalhadores) cresceu de 139 mil para 164 mil e o contingente de trabalhadores passou de 5,9 milhões para 7,3 milhões de pessoas. Nesse período foi verificado também um aumento no salário médio pago em termos nominais (de R$ 1 073 para R$ 1 410), o que corresponde a um ganho real da ordem de 8,8% . Em 2007, o melhor desempenho em termos de capacidade de absorção de pessoal ocupado, foi verificado no setor de alimentos (18,6%), seguido por vestuário e acessórios (7,8%), máquinas e equipamentos (6,9%), produtos de metal (6,1%), fabricação e montagem de veículos automotores (5,6%) e calçados e artigos de couro (5,5%) que completam o conjunto de setores que empregaram aproximadamente 50% do pessoal ocupado na indústria.
As informações da Pesquisa Industrial Anual (PIA) – Empresa e Produto 2007 mostram ainda que, em 2007, as empresas industriais apresentaram receita líquida de vendas da ordem de R$ 1,5 trilhão (uma média de R$ 9,2 milhões por empresa) e registraram custos, entre gastos com pessoal e custos diretos de produção, de R$ 196 bilhões e R$ 114 bilhões, respectivamente.

Informações completas no http://www.ibge.gov.br/


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.
Categorias: gestão 1 comentário