Seminário debate responsabilidade dos meios de comunicação na oferta de programação de qualidade

Membros do Ministério Público, magistrados, gestores públicos, especialistas e representantes de organismos internacionais e da sociedade civil estarão reunidos no próximo dia 26 de maio para debater a responsabilidade dos meios de comunicação na oferta de uma programação de qualidade.

Realizado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), o seminário “Os direitos dos cidadãos à comunicação social: educação, cultura, artes e informação” coloca na pauta de discussões temas como diversidade cultural na programação televisiva, publicidade dirigida ao público infantil, classificação indicativa e as finalidades educativa, cultural e artística da programação. Na ocasião também será assinado Protocolo de Cooperação relativo à Campanha quem financia a baixaria é contra a cidadania.

Entre os participantes do evento está o Procurador-Geral da República, Antonio Fernando Souza; a Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Gilda Carvalho; o representante da Unesco no Brasil, Vincent Defourny; e o deputado federal Luiz Couto, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Participam ainda representantes de instituições como Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) e ABTA, Ministério das Comunicações, da Cultura, da Educação e da Justiça, Conselho Federal de Psicologia, Coletivo Intervozes, Instituto Alana e Universidade Federal de Pernambuco.

Confira a programação completa no endereço: http://pfdc.pgr.mpf.gov.br

As inscrições para o evento estão abertas até o dia 21 de maio e podem ser feitas pelo endereço eletrônico [email protected]. Outras informações: (61) 3105 – 6009


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.