Dia dos Namorados: romance entre comércio e consumidor

Considerada a terceira data mais importante para o setor (depois do Natal e Dia das Mães), o Dia dos Namorados (12 de junho) é a última aposta do varejo roupas e acessórios, calçados, eletroeletrônicos e celulares para tentar se recuperar da queda de vendas provocada pela crise econômica mundial.
Porém, tão importante quanto aumentar as vendas no período é reduzir as perdas (provocadas por furtos, erros administrativos e falta de produtos na loja), que em muitos casos chegam a superar a lucratividade das empresas. De acordo com pesquisa realizada pelo Programa de Administração de Varejo (Provar), o índice médio de perdas no varejo chega a 2%, praticamente o mesmo percentual da margem de lucro das lojas.
Como forma de reduzir os índices de perda no período, uma dica é o check-list com os principais pontos em que os lojistas devem estar atentos. São eles:
Check-list de prevenção de perdas
A gerência e os colaboradores acompanham suas metas de vendas diariamente?
Todos os produtos estão precificados e etiquetados?
A organização e limpeza da área de vendas e depósito encontram-se em níveis aceitáveis?
As mercadorias expostas nas gôndolas seguem o layout padrão corretamente?
Os produtos mais rentáveis estão sendo bem expostos?
A perda da loja e dos setores estão dentro das metas propostas?
Os sistemas de proteção de mercadorias como antenas e etiquetas antifurto, câmeras de circuito fechado de TV e alarmes funcionam corretamente?
As trocas e itens avariados são lançados diariamente e alocados em local apropriado e identificado?
A grade está completa, os itens vendidos estão sendo repostos com agilidade para evitar perda de uma venda por falta de produto?
A loja realiza este check-list gerencial diariamente?
Não dá para perde tempo e depois ficar reclamando da crise, é preciso fazer o dever de casa, ok?

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.