Como conquistar clientes e vender mais através do Twitter

Hoje estréia no Caminhando Junto o arquiteto e especialista em Varejo, Caio Camargo, que vai trazer informações de resultado para os empreendedores. O blog dá as boas vindas a ele e sugere que você leia com atenção o artigo.

Você sabe o que é o twitter? Para quem ainda não sabe, o twitter é uma das redes sociais que mais cresce no mundo, e provavelmente uma das que criarão um forte impacto na maneira de nos comunicarmos nos próximos tempos (tempos, pois na velocidade que o mundo da informação tem girado, já é dificil determinar se para tempos seria mais apropriado anos, meses, ou até mesmo semanas…)

Para aqueles que não conhecem, o twitter é uma ferramenta gratuita (sim, grátis !!!), que funciona similar à um microblog. No twitter são permitidos apenas 140 caracteres por postagem. O que poderia parecer como uma limitação, na verdade deu asas à imaginação, criando uma nova maneira de se comunicar. Há pessoas que utilizam a ferramenta para literalmente narrar cada passo dado. (Estou lendo/ Estou vendo tv/ Volto daqui a pouco/ Vou tomar banho, e por aí vai…)

Até aí você deve estar se perguntando: Mas o que que o twitter tem a ver com o varejo, e como posso utilizar este para vender mais? Uma das grandes sacadas do twitter, é que ao passo que voce adiciona amigos, voce passa a acompanhar suas postagens automaticamente, algo como um Big Brother escrito.

Então, ao passo que lhe adiciono, passo a acompanhar ininterruptamente todas suas postagens, de forma voluntária (é o leitor que decide se vai segui-lo ou não), e muito mais interessante do que um spam, ou e-mail não desejado.

Iniciado pelas revistas e canais de informação, que viram no twitter uma excelente oportunidade de divulgar as informações como pequenos “drops” ao leitores, alguns varejistas conseguiram visualizar excelentes novas oportunidades de mercado.

Empresas como Tecnisa, Dell, Submarino, entre outras têm descoberto o impacto que o twitter pode causar nos próximos anos, utilizando de grandes e inteligentes estratégias.

Algumas estratégias que vem dando certo:

· Divulgação e inscrição para eventos ou lançamentos: “Clique aqui e saiba mais sobre a estréia de hoje nos cinemas: Wolverine” (chamativo e com apenas 73 caracteres)
· Convites para se cadastrar à empresas ou à newsletters: “Preencha hoje nosso cadastro e concorra à uma viagem ao Nordeste” (promoção com 64 caracteres)
· Divulgação de empregos e ofertas de trabalhos: “Vaga gerente de marketing em São Paulo” (ocupou somente 38 caracteres !!)
· Propaganda sazonal: “Tem duvida para presente de dia das mães? Acesse nosso site e veja excelentes promoções” (olha só: uma promoção em 87 caracteres !)
· Promoções instantâneas: Na próxima hora, quem ligar para xxxx-xxxx, ganha um super desconto na compra do produto taltaltal…. (outra promoção, agora em 102 caracteres !)
· Promoção direta: Computador XPTO HD 500GB 4Gb Ram Placa de video 512Mb, por apenas R$ 1500,00. Clique aqui (com informações técnicas e apenas 89 caracteres !)

É interessante avaliar, que ao contrário de outras mídias de internet, a praticidade do twitter é incrível. Como até o momento, só é possível postar através de texto, e da mesma maneira que todo mundo, não são necessários custos para a confecção e implantação de banners ou imagens específicas, otimizando o tempo e o custo das operações de divulgação e marketing.

Deixando um pouco o lado promocional de lado, estar no twitter também pode ser uma excelente ferramenta para avaliar o feedback de seus consumidores, além de poder medir também o quanto seus consumidores adoram sua marca, uma vez que o processo de associação é voluntário da parte de seu consumidor.

Do mesmo modo, “seguir” seu consumidor no twitter pode ser uma excelente maneira de demonstrar a importância que você dá à ele. Ou seja, além do âmbito promocional, o twitter pode ser uma excelente estratégia de fidelização e comunicação com seus clientes, e novamente, vou grifar: ética e gratuitamente.

Ainda não é possível prever se o twitter será realmente um avanço ou somente uma febre como o Second Life (alguem se lembra disso?), onde várias empresas abriram até mesmo lojas virtuais – até a Globo chegou a entrar nessa onda !

Entrentanto, se é gratuito e pode render tão bons frutos, por que não tentar?

Um grande abraço e boas vendas

Caio Camargo
FALANDO DE VAREJO
www.falandodevarejo.blogspot.com


Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.