Sustentabilidade: o que você tem com isso?

Acabo de ver o balanço do movimento Hora do Planeta, no mundo todo 3.900 cidades em 88 países apagaram as luzes por 1 hora. No Brasil, participante pela primeira vez, 107 cidades das quais 13 capitais deram sua contribuição ao planeta. No site do WWF havia também uma ficha de inscrição para empresas e pessoas que queriam se comprometer com a Hora do Planeta, resultado: 1.600 organizações e 52.500 brasileiros assinaram.
Certamente números que fortalecem a fé no futuro e ao mesmo tempo um recado muito bem dado para nossos líderes, aliás, coisa que o Brasil carece. É hora de mostrar ousadia na gestão dos recursos públicos e naturais, é o momento do brasileiro mostrar o que tem de melhor: criatividade.
Porque não adianta apagar a luz por uma hora e achar que fez sua parte. Se você pensa assim, então veja estes outros dados revelados pela EMBRAPA, o brasileiro consome por ano 35 quilos de hortaliças mas o desperdício manda para o lixo cerca de 37 quilos. De tudo o que o país produz em alimentos entre 30 e 40% não chegam à boca de ninguém. O custo disso é de R$ 12 bilhões ao ano, metade do orçamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome.
Enquanto todo mundo lamenta não poder comprar mais por causa da crise, não paramos um minuto para repensar nossa condição de vida. É preciso que cada um questione os seus hábitos e analise como consome, porque consome. Como diz o secretário executivo da Ecopress – agência de notícias ambientais -, Aron Belinky, “O objetivo é mudar o pensamento de acumular cada vez mais dinheiro para a idéia de viver cada vez melhor”.
O conceito de sustentabilidade busca isso de uma maneira mais objetiva, a idéia é que todo o processo de desenvolvimento siga sempre 4 pontos chave:
1. Ecologicamente correto;
2. Economicamente viável;
3. Socialmente justo;
4. Culturalmente aceito;
Ai você pensa: isso é coisa para o governo ou para as empresas?
Nada disso, é coisa de todo mundo. Quantas sacolinhas você pega no supermercado? Porque não pode levar uma sacola de tecido? Na hora de jogar o lixo, não pode separar o que é reciclável e entregar para aquele senhor que passa na sua rua? Quantos brinquedos seu filho tem guardado no armário? O que o impede levá-lo a uma creche para presentear outras crianças?
Lembre-se: quem muito olha para o próprio umbigo, acaba olhando para o chão e para se manter equilibrado no dia-a-dia, os olhos devem estar fixos no horizonte.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.