A maneira de falar com Deus

De vez em quando coloco um post com citações espíritas e um leitor chamou minha atenção sobre o assunto. Para ele, eu não deveria me envolver com a doutrina, muito menos divulgá-la. Como foi no blog que tudo começou, espero no blog encerrar a questão.
Podemos dizer o que quisermos, usar os argumentos mais incríveis, mas o fato é que Deus não criou religião alguma. Catolicismo, budismo, protestantismo, espiritismo, confucionismo ou qualquer outro “ismo” é obra de humanos bastante espiritualizados e empreendedores, seja ele Pedro, Buda, Maomé, Lutero ou Alan Kardec.
A frase no topo deste blog mostra que Deus em sua infinita sabedoria deixou sinais de que tudo neste mundo voltará a Ele da mesma forma que a água voltará ao oceano. Como sempre digo o mundo é plural, é coletivo, é inclusivo.
A palavra religião vem do latim religio e significa religar, isto é, religar o homem ao seu criador, independente do caminho usado. Conheço pessoas que fazem seus afazeres com tanto amor e dedicação que durante todo o dia estão ligadas a Deus; outros utilizam o trabalho voluntário para partilhar de conhecimento, riqueza ou força com pessoas em situação de fragilidade, enfim, Deus é contigo, não importa o nome da casa em que você entra para falar com Ele.
Eu pessoalmente acredito que meu cartão de visitas nunca será capaz de dizer quem sou. Apenas meus atos e motivações poderão fazer isso, assim, continuo divulgando a boa palavra tenha sido ela dita por um mendigo ou por um santo. E deixo que me julguem aqueles iluminados que se sentem capazes para esta tarefa.

Este artigo pertence ao Caminhando Junto Blog.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.